Motta visita Sertãozinho e recebe título

Comments

Transcription

Motta visita Sertãozinho e recebe título
Editorial
Como a tarefa de escrever
sobre a mãe, sem repetir frases feitas do tipo: “Mãe só
tem uma”, “Mãe é como uma
flor”, resolvemos publicar
um poema do versátil Carlos
Drumond de Andrade, para
expressar a nossa homenagem
à figura imprescindível na
criação e formação de um ser
humano, que na nossa cultura
é papel principal da mulher.
Embora saibamos que a evolução antropológica, cada
vez mais, propõe a divisão
de papéis entre os gêneros e
reconhece também, o papel
de mãe para quem não é do
sexo feminino. Enfim, o que
importa é o amor e a dedicação de quem toma para si, a
Ano 10
Mãe
responsabilidade de criar um
filho.
Convidamos a todos que
gostaram, que também postem um poema no nosso perfil
do Facebook, em homenagem
a s s u a s r e s p e c t i va s m ã e s !
https://www.facebook.com/
spotvipsertaozinho
“Para Sempre
Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
REVISTA SPOTVIP
4
ABRIL 2014
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho”.
Carlos Drummond de
Andrade
Alexandre Carlos
Diretor Administrativo
e Financeiro
Eduardo Leoni
Diretor Comercial
e Jornalista Responsável
EXPEDIENTE
A Revista Spotvip Sertãozinho e Região é uma publicação mensal da Editora C&L.
Jornalista Responsável e Diretor Comercial: Luís Eduardo Leoni - mtb: 38.534 - [email protected] • Diretor Administrativo e Financeiro: Alexandre Carlos - [email protected] • Editoração eletrônica: Luis Carlos de Araújo (Casão) - [email protected] • Departamento Comercial: Marli Villela e Carlos Eduardo - [email protected]
com.br • Fotos: Madalena Studio, arquivo revista e arquivo clientes • Colaboradores: Danilo Matos, Maycon Oliveira, Grace Hermini, Nilvia Flávia Bononi Coelho da Silva, Bia Santos, Érika Pereira,
Fátima Benelli, Marco Nardelli, Natália Minto, 43º BPMI da Polícia Militar, Julinho Sertão, Maísa Dielle Vieira (estagiária de moda), entre outros • A Revista Spotvip não se responsabiliza pelos
conteúdos dos artigos assinados por seus colaboradores, informes publicitários e anúncios, sendo de suas inteiras responsabilidades. A revista é distribuída gratuitamente na cidade de Sertãozinho
e região. • www.revistaspotvip.com.br • [email protected] • Telefones: (16) 3942 1081 / 3513 5081
Revista Spotvip
REVISTA SPOTVIP
@revistaspotvip
6
ABRIL 2014
Psicopedagogia, Saúde e Educação
Nilvia Flávia Bononi Coelho da Silva
Pedagoga / Psicopedagoga
[email protected]
Ser Mãe!!!!
Há oito meses,
fui agraciada com
dádiva de ser mãe
da Bettina Coelho da Silva, a princesinha
que está para chegar para trazer mais
alegria, harmonia, união e amor aos pais,
Nilvia e Umberto.
Só quem passa por este momento magico, consegue entender a explicar a que eu
tenho certeza que seja a melhor sensação
do mundo. Pegar o resultado positivo é
como se Deus dissesse: “Eu acredito em
você e confio a ti esta responsabilidade e
a Missão de Ser Mãe!”
C ontar esta notícia para o papai e
irmãos (Umbertinho Filho e Helena), familiares e amigos, é tudo tão mágico.
E assim, começa uma nova etapa, a
mudança do corpo, os anseios incontroláveis, aumento de peso, dores na coluna, a
“arte “de arrumar travesseiros, preencher
os espaços entre o volume da barriga e o
resto da cama, deixando o papai com uma
parcela pequena, ou seja uma beiradinha
da cama para descansar ... preocupações,
escolha do nome, e a tão esperada primeira
mexidinha dentro da barriga, e que mexidinha (risos).
Eu converso com a Bettina e tenho
certeza de que ela já me ouve, observo
que andando de carro, eu sinalizo onde
estamos indo: casa da vovó, buscar o pa-
pai, casa dos tios mais corujas Luciano e
Nilcelia que é também, e uma mãezona.
Quando toca o interfone de casa eu
falo. “Princesa, o papai chegou” Ele fala
com ela bem pertinho da barriga, e claro,
ela se mexe toda. E a mamãe toda emocionada, chorona aproveita cada segundo
desta gravidez tão esperada.
A música bem pertinho da barriga, com
as canções de ninar. Também aquelas que
o papai mais gosta de cantar, ela já reconhece. É impressionante!
Nesta fase da gravidez, tudo é prazeroso, descobrir o sexo, escolher o nome, a
tão esperada e escolhida madrinha, Clemir
Coelho da Silva Sposito e o padrinho José
Carlos (famoso salgadinho), o quarto
todo branco e rosa enfeitado de bonecas ,
reunir as amigas para o chá de bebe, proporcionando momentos agradáveis com
as pessoas que tanto gosto, fazer a lista
das convidadas ,pensando em cada uma
com carinho e; ansiosa, contando com a
presença de todas e ....o esperado aconteceu ...muitos abraços, carinhos na barriga
,fotos, vários presentes, e com a presença
daquelas, que também estão contando os
dias para o nascimento da nossa princesa!
Comprar o enxoval, escolher a melhor
roupa, sabonete com cheirinho de bebe,
enfeite de porta, brinco, lembrancinhas e a
faixa do cabelo que tem que combinar com
REVISTA SPOTVIP
8
ABRIL 2014
tudo e, finalmente, arrumar as malas da
maternidade para o tão esperado dia, em
que conhecerei o rostinho desta princesa,
desde sempre, tão amada por todos nós.
Neste dia eu direi “Obrigada Deus,
missão dada, missão cumprida”.
Eu hoje, paro e fico pensando... quase
20 anos de muita dedicação, companheirismo, e responsabilidade perante os filhos
de outras pessoas, que passaram por mim,
em algum período de sua vida; na infância,
alfabetização e adolescência, outros, no
meu consultório, onde deixaram saudades
e histórias.
Agora, eu, mãe de primeira viagem da
mais bela princesa de todos os tempos....
Bettina Coelho da Silva !!!
Ser Mãe, é nunca mais sentir-se sozinha!!!
Bate Papo Jurídico
Dra. Marcelly Olivare Almussa
OAB/SP no 216.935
[email protected]
Gostaria de agradecer a participação de todos que enviaram suas
dúvidas, deram suas
sugestões e até mesmo
trouxeram situações diferentes para serem abordadas em nosso bate papo, e aos leitores desta coluna.
Nesta edição continuo respondendo as dúvidas mais frequentes que venho recebendo nos
últimos meses.
Pergunta- Eu, minha mulher e meus dois filhos
compramos quatro passagens aéreas para o Nordeste. Quando chegamos ao balcão da empresa no
aeroporto, fomos informados de que não embarcaríamos no voo contratado, mas que o embarque
ocorreria em outro avião, sendo assegurado que
chegaríamos ao destino no horário previsto. Só
que chegamos a Salvador, que era nosso destino,
somente no dia seguinte, após 20 horas de viagem.
Assim, devido ao ocorrido, pergunto: posso
recorrer a Justiça para pedir o ressarcimento pelo
constrangimento que sofremos?
Resposta- Com certeza. Só não podem, como
devem, recorrerem aos meios jurídicos para
pleitear o que lhes é de direito. O que ocorreu no
seu caso e de sua família, foi o que chamamos de
“overbooking”, ou seja, a venda de passagens pela
companhia aérea contratada, em número maior
que o de assentos disponíveis. Por esse motivo,
deverão ingressar judicialmente contra a empresa
aérea que adquiriram as passagens.
Configurado o inadimplemento contratual
e o defeito do serviço prestado pela companhia,
consistente na prática de overbooking e não carac-
terizada nenhuma excludente de sua responsabilidade, a mesma será condenada a lhes ressarcirem,
à títulos de danos morais pelo evento ocorrido
(overbooking) e danos materiais pela diária paga
e não usufruída por vocês, cujos valores serão arbitrados pelo juiz, mediante os valores apresentados
de cada passagem e hospedagem.
Pergunta- Quero adotar uma criança que é
especial, mas sei que existe uma burocracia muito
grande no processo de adoção e vai demorar. Gostaria de cuidar dela o quanto antes. Será que não
existe nada que eu possa alegar por ser uma criança
com problemas e agilizar o processo?
Resposta- O processo de Adoção é complexo
e muitas vezes demorado, pois os adotantes precisam estar cientes dessa decisão tão importante
e procederem em conformidade com nossas leis.
A regra é a mesma para adoção, independente da
opção sexual, idade e até mesmo estado de saúde.
No entanto, a presidente Dilma Rousseff sancionou no dia 06 de fevereiro de 2014, a lei que dá
prioridade de tramitação na adoção de crianças e
adolescentes com deficiência ou doença crônica. A
medida visa acelerar o processo de adoção dessas
crianças, mas manterá os critérios estabelecidos em
Lei, já que a intenção não é pular etapas.
Sendo assim, poderá se beneficiar dessa nova
decisão em seu processo de adoção, para conseguir
um resultado mais rápido.
Pergunta- Sou pedreiro e trabalho junto com
um arquiteto, que é meu amigo nas obras, faz
muitos anos. É ele quem me arruma serviço. Só que
essa semana eu fiquei muito chateado com uma
situação que aconteceu no serviço. Ele me chamou
REVISTA SPOTVIP
16
ABRIL 2014
de aleijado, manco na frente de todo mundo, do
dono da construção, dos outros pedreiros e passei
a maior vergonha. Eu sei que sou portador de uma
doença especial e desde que nasci tenho problema
na perna, mas fico muito magoado quando alguém
me chama desse jeito. Já estou cansado de sofrer
humilhação por causa disso e toda vez ficar quieto.
Então, queria saber se posso fazer alguma coisa,
porque não acho justo as pessoas ficarem me
humilhando e não serem condenadas por isso.
Resposta- Sim. Não só pode como deve tomar
algumas providências, afinal, não precisa passar
por nenhum constrangimento, nem humilhação
devido ao fato de ser portador de uma doença
especial.
O senhor sofreu constrangimento, pela conduta discriminatória e pública, por ter sido ofendido
verbalmente de aleijado, manco, na frente dos
colegas, ainda mais sendo pelo arquiteto, que atua
como fiscal dos serviços realizados.
Assim, devido ao ocorrido, poderá ingressar
com uma ação contra o seu amigo e arquiteto, pleiteando por danos morais, pelo constrangimento
e humilhação que passou em público, provando
através de testemunhas, ou seja, das pessoas que
presenciaram essa cena, a vergonha que passou
perante os que estavam presentes.
Caracterizado o dano moral, o arquiteto será
condenado ao pagamento de uma quantia, a ser
fixada pelo Juíz, à título de danos morais, pelo
que lhe causou.
Continue mandando suas dúvidas no email:
[email protected]
Recursos Humanos
Érika Pereira
www.erikapereira.com.br
Minha mãe me ensinou ...
Um fato me
vem à mente: é
mais difícil fazer
gestão de gente
do que ensinar um trabalho técnico a alguém.
Isso quer dizer que, na família, no trabalho, nos
relacionamentos os assuntos mais frequentemente
conflitantes são aqueles que envolvem os valores
morais e os sentimentos de cada um. Neste contexto, faz se necessário lembrar a educação do
ser humano e seu processo no seio familiar, em
especial, sob os cuidados maternos. Com total respeito ao leitor atento que você é, cuidadosa leitora
que nos acompanha, escolhi uma referência para
nossa reflexão sobre o tema: “Quem ama educa”
de Içami Tiba.
Leio este livro de maneira frequente desde 2005
no processo de minha especialização em educação,
na cidade de São Carlos. Confesso que, muitas
destas vezes, falo sozinha, independente do local,
como se Tiba estivesse alí comigo, quando faço o
gesto de “fechar” seu livro, mentalizo um abraço
fraternal como quem diz: Obrigada! Até 2013 eu o
lia enquanto formadora de pessoas, hoje também
o leio como mãe, e esta já é uma evidência do
processo educativo: quem ensina sempre aprende!
Escrever esta página é presente compartilhado: a
missão e o desafio de ser mãe-educadora.
Segundo Tiba a mulher é mãe há muito mais
tempo do que o homem é pai. A gravidez já foi considerada um presente dos deuses, na Pré-História,
por exemplo, a mãe era quem cuidava instintivamente dos filhos como qualquer animal, até que a
criança crescesse e se tornasse mais independente.
Afinal, mais voltado ao nomadismo, o homem
desconhecia a paternidade, ou seja, “O homem
conquista e defende um território, caça, luta nas
guerras, constroem castelos para a família, mas
quem constrói um lar é a mulher”. Hoje, mesmo
que a mãe trabalhe fora, ainda resiste em deixar
os filhos. Segundo Tiba, o sentimento do homem
quanto a casa é o “repouso do guerreiro” e para
a mulher que trabalha fora, estar em casa é entrar
no seu segundo emprego, até mais desgastante
que o primeiro, porque lhe sobra pouco tempo
para dar cabo de todas as tarefas: ver se os filhos
não estão machucados ou doentes, se fizeram o
dever da escola, se a casa está arrumada, se não
falta nada na despensa e ainda preparar o jantar
para o “guerreiro cansado”.
A mulher começa a avançar em seu papel de
mãe já durante a gravidez: acompanha o desenvolvimento do bebê, sente seus movimentos, observa suas mudanças corporais e vai construindo
um vínculo com ele. Enquanto isso, explica Tiba,
o pai observa tudo de fora, confuso, sem saber
como participar mais ativamente desta construção,
por exemplo, quase não se vê o homem grávido
comprando roupinhas ou brinquedinhos para o
bebê que ainda não nasceu, que dirá participar da
montagem do quartinho, poucos o fazem, reforça o
autor, porque a maioria dos homens pensa: “Isso é
coisa de mulher”. O grávido se preocupa mais com
as despesas do recém-nascido do que aprender
como se troca uma fralda, se prepara mamadeira
ou se dá um banho. Tiba conta que o homem não
age assim por maldade, mas porque seu nível de
consciência é diferente, e também porque não
REVISTA SPOTVIP
20
ABRIL 2014
conhece outros caminhos.
Na tarefa de preparação para a vida futura,
Tiba chama a atenção das mães dizendo: “Há
crianças que batem nas mães. Só fazem isso depois
de xingar. E só xingam depois de desobedecer.
Quanto mais a criança for educada em seus primeiros passos, maior será a eficiência da educação.
Portanto a mãe não deveria permitir desobediência. Para isso, o maior segredo é a mãe obedecer a
seus próprios nãos. Significa que só deve proibir
algo que ela realmente possa sustentar, sem logo
transformá-lo em “sim” ao menor motivo”. Dessa
forma, o autor ensina ás mães que, a obediência
fica garantida pelo respeito que a mãe exige do
filho, já que, para ele, defender-se dos maus tratos, inclusive vindos de uma criança, é um gesto
tremendamente educativo, além de ser ético e
próprio de um verdadeiro cidadão.
Cuidados especiais em alguns casos também
são tratados no livro, como por exemplo, a mãe
chegar em casa, após um dia exaustivo de trabalho
e encontrar tudo bagunçado. Para Tiba, é necessário cautela da mãe, “Quando a mãe se propõe
a arrumar a casas, freneticamente, os filhos ficam
folgados, acham que ela está cumprindo obrigações que são dela. Na educação integrada, todos
devem participar dos cuidados da casa, inclusive
os filhos”. A mãe que se acostuma a “encobrir” ou
mesmo “fingir que não enxerga” birras, mentiras,
e ações erradas pode estar criando pequenos “reis
e rainhas mirins”, porque ao buscar agradar excessivamente o filho, acaba culpando os outros. Este
ser humano futuramente, se for acostumado pela
mãe a ter a razão sempre, pode consequentemente
sofrer nos relacionamentos sociais futuros.
A educação social que Tiba fala, é a formação
adequada, que respeita regras especificas de um
determinado contexto. Nas tarefas escolares, por
exemplo, ajudar não significa fazer pelo filho, explica Tiba, quem tem de fazer é a própria criança
“Ela tem dificuldade de pintar? Não importa. A
pintura ficou feia? Deixe seu filho levar um trabalho ruim para a escola. É desse ponto que começa a
melhoria, pois a prática também ensina. A melhora
é um excelente estimulo para progredir, e o que
ele fez serve de base para dar o passo seguinte.
É da prática que nasce a perfeição, ao comparar
seu desenho com o da mãe, o filho pode se sentir
diminuído”. Ainda dentro de casos especiais para
chamar a atenção da mãe, Tiba lembra o numero
crescente de “pães”, um termo criado por ele
para falar das mães que somam função de pai e
mãe juntos. Segundo Tiba, elas podem assumir o
comando por vários motivos: pais somente recreativos, desvalidos, drogados, doentes, falecidos,
ou até mesmo o pai, que após a separação some
da antiga família, transformando-se sem ex-pai.
Jamais poderemos transferir para a escola ou
a universidade, a responsabilidade total pela formação de um indivíduo, e isto é um fato. Muitos
profissionais bem sucedidos e de sucesso tiveram
uma “escola materna” de grande sabedoria. Neste
aspecto, sou eternamente grata a minha mãe,
parceira de todas as horas. A mãe que ensina, que
educa de verdade, deixa uma herança para seus
filhos, tesouro do tipo que ninguém pode roubar.
Minha mãe me ensinou...
Agência CPM
Agência: CPM
REVISTA SPOTVIP
21
ABRIL 2014
TOXINA BOTULÍNICA (BOTOX)
Dr Sérgio Coelho
Cirurgião-dentista
CRO 59.446
Formado há 16 anos pela
Faculdade Federal de Alfenas
e atuando em Sertãozinho
há 14 anos nas áreas de Implantes (pós graduação na
APCD e AORP), Aparelhos
Ortodônticos (pós graduação Grupo FACE - MG),
Estética Dental, Aplicação de
Botóx, Hipnólogo (formado
pela Sociedade Brasileira de
Hipnose e Hipniatria) e atua
como delegado dos Direitos
Humanos do Estado de São
Paulo.
Tel.: (16) 3041-0306
[email protected]
R. Washington Luiz, 1508
Centro - Sertãozinho.SP
A toxina botulínica é produzida pela
bactéria Clostridium
Botulinum. Há alguns anos, a substância utilizada pela
oftalmologia e neurologia para a correção de contrações
musculares involuntárias, começou a ser
utilizada em dermatologia. A técnica é
mundialmente conhecida por atenuar
rugas faciais dinâmicas.
Como a Toxina Botulínica
age?
A Toxina Botulínica atua,
impedindo a contração dos
músculos faciais que dão
origem às rugas. Com a interrupção da contração, ocorre
o relaxamento muscular e as
rugas se atenuam.
Áreas que podem ser tratadas com Toxina Botulínica
Os principais locais da face
onde pode ser utilizada são a
região frontal (testa), a glabela (entre os supercílios) e
região periorbitária (pés de
g a l i n h a ) . Ta m b é m é u s a d o
em odontologia em grandes
áreas, cefaleia, trismo, apertamento dental, no músculo
platisma
Como é feita a aplicação?
A substância é injetada em
pontos específicos dos múscul o s r e s p o n s á ve i s p e l a m í m i c a
facial que estão causando as
rugas. A técnica é simples
e rápida, por ser injetada
com uma agulha muito fina,
a maioria das pessoas relata
q u e é s u p o r t á ve l a s e n s a ç ã o
da picada. Pessoas mais sensíREVISTA SPOTVIP
22
MARÇO/ABRIL 2014
ve i s p o d e m u t i l i z a r u m c r e m e
anestésico, que será passado
antes da aplicação. Efeitos colaterais são raros, mas podem
ocorrer.
Quando os resultados aparecem?
O efeito da aplicação pode
demorar para aparecer de 48
horas a 72 horas, sendo observa d o a ç ã o c o m p l e t a p o r v o l t a
de 15 a 20 dias. O procedimento deve ser repetido a cada
6 meses para manutenção.
Este tempo pode variar de
acordo com cada pessoa. O
procedimento pode ser repet i d o d i ve r s a s ve z e s e , c o m a
continuidade do tratamento,
a duração do efeito tende a
aumentar.
Curiosidades sobre a Toxina Botulínica
O medicamento foi testado
nos Estados Unidos e é liberado pelo FDA americano, que
é o mais rigoroso controle de
medicamentos do mundo. É
liberado desde 1992 pelo Ministério da Saúde do Brasil.
Dr Sérgio Coelho
Cirurgião-dentista
CRO 59.446
A inauguração do novo endereço do SPA
DA CLÉIA, aconteceu na terça, 01 de abril,
com a presença de amigos, clientes e familiares, que prestigiaram as novas e modernas
instações, com um amplo espaço para melhor
atender seus clientes. Contando também
com uma equipe de profissionais altamente
capacitados e modernos tipos de tratamentos
para mãos e pés. Venha nos visitar e conhecer
nossas novas instalações.
FONES: 3041-1984
99225-4359
RUA DR. OLIDAIR AMBRÓSIO, 100723- JARDIM BRASÍLIA - SERTÃOZINHO - SP
REVISTA SPOTVIP
MARÇO/ABRIL 2014
Agência: CPM
Corte Técnico das Unhas •Unha Encravada •Olho de Peixe •Calos •Micoses •Infecções •Calosidades
Hidratação •Manicure •Pedicure •Unha Acrílica •Unha de Porcelana •Unha de Gel
Terapia Ocupacional
Natália Minto
[email protected]
Sentindo o próprio filho antes do nascimento:
Mamães com Deficiência Visual
Um brasileiro criou uma técnica,
que permite que mães e pais possam
tocar e sentir seus filhos, por meio
de modelos de tamanho real de seus
bebês, que ainda nem nasceram.
O designer carioca Jorge Roberto
Lopes dos Santos desenvolveu o
projeto, que alia exames de ressonância magnética, ultrassonografia
e tomografia computadorizada.
Depois, as imagens captadas são
transformadas em modelos matemáticos e, no último passo, viram
modelos 3D com a chamada prototipagem rápida, que é a tecnologia
para impressão tridimensional.
Utilizando programas específicos como o 4D View e o Mimics,
Lopes dá forma aos modelos 3D de
fetos, que são impressos, camada
por camada, em resina fotossensível
e um composto à base de gesso.
Até o momento, já foram estudados no Brasil e no Reino Unido,
cerca de 50 casos clínicos que geraram modelos específicos em tamanho natural. E muitos deles foram
mostrados pelo designer durante
a apresentação de seu projeto na
Royal College of Art (RCA), em
Londres.
O foco principal desse projeto é
tentar fazer com que mães e pais
compreendam alguma malformação de seus bebês, além disso,
também proporcionar às mães e
pais deficientes visuais, a chance de
acompanhar o desenvolvimento do
feto durante a gestação. “Imagine o
impacto de um protótipo de um feto
de uma gestante com deficiência
visual, ela tendo a chance de tocar
e sentir as feições de seu filho” diz
o criador do projeto.
O grande diferencial da técnica
criada no Brasil foi conseguir digitalizar as imagens geradas pelos
exames de ressonância magnética
REVISTA SPOTVIP
24
ABRIL 2014
e ultrassom, uma vez que a tomografia em muitos casos não é recomendada para gestantes, por conter
níveis de radiação.
“Hoje conseguimos ter o corpo
de um feto a partir da ressonância
magnética e as suas outras partes
como mãos, pés e face, a partir da
ultrassonografia, reconstruindo
tudo num só modelo. Desta forma,
conseguimos imagens superiores às
dos exames em separado”, explica
Werner, coordenador do setor de
medicina fetal da Clínica de Diagnóstico por Imagem (CDPI), no Rio.
Como a técnica brasileira já está
patenteada e os testes estão em curso, Werner acredita que em breve a
prática poderá ser usada em larga
escala, ajudando mães, pais e profissionais de saúde.
Fonte:http://g1.globo.com/Noticias/
Ciencia/0,,MUL1213036-5603,00-BRASILEIRO+CRI
A+TECNICA+PARA+TRANSFORMAR+BEBES+VIS
TOS+NO+ULTRASSOM+EM+BONEC.html
REVISTA SPOTVIP
25
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
26
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
27
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
28
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
29
ABRIL 2014
PERSPECTIVA ARTÍSTICA DO LOBBY
6 elevadores
térreo com áreas para banco,
restaurante e lojas
heliponto
salas de reuniões corporativas
auditório para 100 pessoas
espaço para fitness center
estacionamento com serviço
de valet
PERSPECTIVA ARTÍSTICA DO ESPAÇO PARA
FITNESS CENTER
PERSPECTIVA ARTÍSTICA DA SALA DE REUNIÕES
VENDAS INICIADAS
agende uma visita, o corretor vai até você
16 3041 8477 /16 7811 8372
PLANTÃO DE VENDAS:
RUA SEBASTIÃO SAMPAIO, 1591
16 3041 8477
(AO LADO DO EDIFÍCIO PORTOFINO)
VENDAS:
INCORPORAÇÃO E CONSTRUÇÃO:
WWW.PAFIL.COM.BR
REVISTA SPOTVIP
34
ABRIL 2014
WWW.TINENEIMOVEIS.COM.BR
WWW.TINENEIMOVEIS.
COM.BR
PERSPECTIVA ARTÍSTICA DA FACHADA DO EMPREENDIMENTO
nasce um centro empresarial
à altura de sertãozinho
sertãozinho - sp
REVISTA SPOTVIP
35
ABRIL 2014
Motta visita Sertãozinho e
O presidente da Fecomerciários, Luiz
Carlos Motta, ficou emocionado com a
recepção do presidente do Sincomerciários na sua visita a Sertãozinho. Jonathan
Faleiros reuniu toda sua diretoria, representantes dos comerciários e autoridades
locais, para a entrega do título de cidadão
sertanezino a Motta.
À tarde de 12 de abril foi especial para os
comerciários sertanezinos. O presidente da
Fecomerciários - Federação dos Empregados do Comércio do Estado de São Paulo,
Luiz Carlos Motta, esteve em Sertãozinho
para uma visita de cortesia ao presidente
do Sincomerciários, Jonathan Faleiros, que
recentemente foi empossado como diretor
da Fecomerciários.
Pa r a r e c e p c i o n á - l o , F a l e i r o s r e u n i u
aproximadamente duzentos e cinquenta
representantes dos comerciários no Espaço
848, para um almoço festivo.
Na oportunidade, o presidente Motta
recebeu das mãos do presidente da Câmara
Municipal de Sertãozinho, Rogério Magrini e dos vereadores Adenir José Soldera e
Sandro Aparecido da Silva e do subprefeito de Cruz das Posses, Adilson Santos, o
título de cidadão sertanezino.
Emocionado, Motta agradeceu a homenagem e enfatizou que esse título é fruto
do reconhecimento do seu trabalho, mas,
sem esquecer a contribuição dos seus diretores e funcionários. “Em Sertãozinho,
pelo pouco tempo de Sindicato, Faleiros
tem feito muito. Não interessa o tamanho
ou a idade do sindicato, mas sim, a vontade
das suas lideranças. Quero aproveitar para
dizer, que realmente fizemos a doação da
nova sede para Sertãozinho e quando fui
visitar o local, Faleiros mencionou o valor
das adaptações. Fique tranquilo Faleiros,
pois a Federação vai arcar com 80% das
obras”, justificou.
Mesmo sendo a primeira vez que Motta veio a Sertãozinho, a cidade tem sido
beneficiada por sua atuação à frente do
Fecomerciários.
REVISTA SPOTVIP
36
ABRIL 2014
Primeiro, foi à do
para a diretoria do S
mais próximo dos seu
as motos doadas para
comerciários e no dia
temente, a doação de
cidade de Pontal e um
o Sincomerciários em
“Foram mais de R$
nosso Sincomerciário
ros, “além, claro de t
e recebe título de cidadão
oação de uma Doblô
Sincomerciários ficar
us associados. Depois
a o sorteio no dia dos
a do trabalho e, recene uma subsede para a
ma sede própria para
m Sertãozinho.
$ 2 milhões doados ao
os”, comemora Faleitodo investimento na
REVISTA SPOTVIP
Agência: CPM
capacitação profissional das
l i dera n ça s s i n di ca i s . M o t t a
sempre proporciona cursos e
viagens aos sindicatos filiados
a Federação. Como aconteceu
no mês passado, em que a Federação patrocinou um curso
de oratória aos diretores e funcionários da base regional de
Ribeirão Preto, em que tenho
a honra de coordenar sob sua
orientação”.
E continua, “Motta tem sido
um grande líder, e foi graças a
sua luta, que hoje, nós comerciários podemos comemorar.
Há um ano, nossa profissão
passou a ser reconhecida e
regulamentada e o presidente
Motta continua buscando mais
benefícios para os comerciários. É só aguardar, que em
breve teremos mais novidades, e claro, mais uma moto
para ser sorteada no dia 1º de
maio”, finaliza Faleiros.
O Sincomerciários de Sertãozinho está localizado na
Rua Sebastião Sampaio, 1339
e em breve estará mudando
para a sede própria, localizada
na Rua Barão do Rio Branco, 743– centro. Em Pontal,
a subsede fica na Avenida
Cristo Redentor, 119 – Jardim Princesa.
37
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
38
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
39
ABRIL 2014
A sua primeira referência
de beleza merece um
presente que é uma referência.
REVISTA SPOTVIP
40
ABRIL 2014
Novo Lady Lily.
Lançamento especial
para o Dia das Mães.
Celebre a beleza da sua mãe em:
boticario.com.br/diadasmaes
REVISTA SPOTVIP
41
ABRIL 2014
Judiciário
Cabimento de indenização por atraso na
entrega de produtos
No mesmo ritmo da
popularização da internet, aumentaram
as compras realizadas por consumidores
de forma “on line”,
ou seja, de forma não
presencial. Entretanto, com o crescimento
desta modalidade de
comércio, é cada vez
mais comum o consumidor se deparar com
o atraso para o recebimento dos produtos adquiridos. Como
consequência, o número de reclamações
com tal fundamento
aumentou demasiadamente, sendo a questão
cotidianamente levada
aos Órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor, bem como
ao Poder Judiciário.
Nestes casos, as empresas que venderem
produtos pela internet,
e não entregarem a
mercadoria no prazo
previsto, podem ser
obrigadas a pagar indenização ao consumidor. Tal direito está
previsto no Projeto de
Lei n.º 5179/2013. Esta
proposta, que tramita
de forma conclusiva,
será analisada pelas
comissões de Defesa
do Consumidor; e de
Constituição de Justiça e de Cidadania. A
finalidade deste Projeto de Lei é evitar
que as empresas realizem a chamada venda
por demanda, ou seja,
quando ofertam um
produto pela internet
sem tê-lo em estoque.
Segundo o texto do
Projeto de Lei, as empresas deverão ressarcir ao cliente o valor
pago pela mercadoria,
além do pagamento
da indenização correspondente ao valor do
produto. O pagamento
deverá ser entregue
via depósito bancário
ou cheque nominal,
sempre no prazo máximo de cinco dias úteis.
Entretanto, mesmo antes da aprovação definitiva do Projeto de
Lei, alguns Tribunais
já determinam a aplic ação de indenização
por atraso na entrega
de produtos, pois entendem que o direito já
está previsto no Código
de Defesa do Consum i d o r , u m a ve z q u e
este estabelece a efetiva
prevenção e reparação
de danos patrimoniais e
morais, individuais, coletivos e difusos. Desta
forma, o consumidor
que não tiver os seus
direitos respeitados em
qualquer fase da relação consumerista, notadamente em relação
ao exemplificado no
presente artigo, pode
e deve consultar um(a)
advogado(a) de confiança para buscar a
compensação de seus
direitos frente à lesão
causada pelas práticas
abusivas dos fornecedores de serviços e produtos.
REVISTA SPOTVIP
Daniel Barbosa de Menezes Lima
OAB/SP 286.956
[email protected]
42
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
43
ABRIL 2014
Comportamento
Fátima Benelli
[email protected]
Meus filhos morreram, meus filhos
renasceram. A mãe morre, a mãe renasce.
Ser mãe é estar em constante evolução, e ao mesmo tempo, em processo
de desconstrução total. Já escrevi sobre
esse paradoxo difícil, que a maternidade exige de uma mulher. Falo de algo
muito maior, mais forte e profundo
que transformação hormonal e física
da gravides, amamentação e tudo
mais.. Falo das várias mortes que uma
mãe tem que suportar durante a vida
de um filho e isso leva automaticamente a desconstrução, reformulação
de uma nova mãe naquele momento.
Minha experiência mostrou que os
meus filhos morreram muitas vezes, e,
cada vez que eles morreram, deixaram
outros em seus lugares. Assim, eu tive
que me transformar em outra mãe, diferente da anterior. Quando morreram
meus bebês, nasceram as crianças mais
lindas fofinhas e gostosinhas do mundo. Que não mais precisavam do peito
ou mamadeiras, então ensinei-lhes
a sentar, falar a andar... Tomavam
todo o meu tempo, o que me fizeram
esquecer rapidinho daqueles bebês
que já não existiam mais. O mesmo
aconteceu quando a crianças se foram
e vieram em seus lugares, moleques
arteiros, encardidos, com joelhos e cotovelos feridos, com perguntas difíceis
de responder, e com enorme habilidade em desaparecer dos olhos da gente.
Moleques de comportamentos inesperados, às vezes até esquisitos... Nesta
época ganhei aprendizes de capetas
durante o dia, mas, anjos sublimes,
durante a noite, enquanto dormiam.
Neste momento a metamorfose materna começou a ficar mais confusa, pesada, entretendo, divertida. Deixaram
muitas saudades quando partiram. Os
pré-adolescentes, que são tão rápidos
quanto desajeitados, logo tomaram
seus lugares, disformes em relação aos
outros que passaram, indefinidos, não
só no físico, no psicológico também.
Nessa época, soltavam mais fumaça
pelo nariz que aqueles antigos trens
de ferro. Eram seres esquisitos... Os
mais amados seres esquisitos! Já, os
adolescentes ganham formas novas,
contornos inexistentes, humores oscilantes e barulhentos, às vezes as mães
REVISTA SPOTVIP
44
ABRIL 2014
não nascem com os mesmos tímpanos
que ultrapassam todos os decibéis
tolerados aos ouvidos humanos. Com
enormes cargas hormonais jorrando
em seus corpos e tudo fica difícil pra
eles... Para as mães também! Pensam
que sabem tudo, porque duvidam
de tudo, discordam de tudo, torcem
o nariz pra tudo, pra todos... Nessa
época, as mães que nascem com eles,
tem um preparo especial para abstrair
palavrões, frases do tipo “eu te odeio”,
“me deixa em paz”, “sai da minha
vida”. Mas, ao mesmo tempo, seus
olhos pedem socorro, dizem: “Estou
carente, por pavor tenha paciência
comigo! Estou confuso e necessitado
de colo, de afagos, mas não me toques!”
Acho que é nessa hora, que as mães desistem de morrer, de se metamorfosear,
porque é nessa fase que a gente começa
a vislumbrar a tendência do adulto que
há dentro deles... E então, um belo dia
a gente olha, (pra cima, são grandes), e
vê uma pessoa pronta, um adulto completo, com ideias próprias, projetos de
vida, de carreira profissional e uma rota
de voo livre. Então de repente, ainda
só há dúvidas... Essa criatura, cidadão,
indivíduo vai continuar morrendo e
nascendo até quando? Obviamente
até o final da sua vida, da vida da mãe,
obviamente. Ás vezes, a saudade dos
nossos bebês, das nossas crianças, dos
nossos moleques e adolescentes são
tão fortes, que não dá pra segurar as
lágrimas. Queremos tanto que cresçam,
e ao mesmo tempo, não temos como
mantê-los nossos pequenas criaturinhas cansativas e ao mesmo tempo
transbordantes da mais pura felicidade.
A casa fica vazia, uma ligação deles
se torna rara, eles se tornaram apenas
passado. Triste.
Aí, muitas mães se dão conta que
um filho morre muitas vezes diante
de seus olhos, um filho nasce muitas
vezes diante de seus braços. Que uma
mãe também nasce muitas vezes,
diante do seu filho, mas, nunca, nunca
esquece ou deixa de amar um filho...
Nem mesmo depois de sepultada. Parabéns á todos aqueles que tem aquela
criatura chamada Mãe.
REVISTA SPOTVIP
45
ABRIL 2014
Comunicação
Grace Hermini
Jornalista - Mtb. 53.375
[email protected]
Como mãe, quero ser
igual a minha mãe
Ainda não sou mãe e não sei se serei justa na
minha avaliação do que é “ser mãe”, mas acredito
que, sinceramente, para ser mãe, a mulher tem de
estar muito bem preparada para tal.
A maternidade é um sentimento forte e instintivo, que cerca 99,9% das mulheres, levando
algumas à beira da insanidade para realizar o
sonho que toda mulher tem: ser mãe.
O fato é que, na busca por gerarem um filho,
muitas mulheres se apressam por ainda serem
as únicas em seus círculos de amizades a não
terem filhos e, nesse processo, enlouquecem os
maridos com tabelas de horários, medição da
temperatura corporal, mudança da fase lunar...
Quem leu “Marley & Eu” já deve estar rindo
nesse momento, ao se lembrar da maratona física
pela qual o autor e personagem principal, John
Grogan, passou.
Outras mulheres, ainda muito jovens, surtam
com o tal “relógio biológico”, alegando que já
passaram dos 30 anos e “pre-ci-sam” ter um filho
o quanto antes, ignorando o avanço da Medicina
que permite a mulheres até com bem mais de 40
anos terem gestações normais, desde que bem
assistidas, como toda gestação deve ser. Há cerca
de dois anos, uma ribeirão-pretana com mais de
50 anos aceitou ser a barriga solidária da filha,
com menos de 30, que tinha uma condição uterina
que nunca lhe permitiria gerar um bebê. Assim,
a avó gerou o neto, e tudo correu muito bem. No
ano passado, no sul do país, uma sexagenária
passou por uma fertilização assistida e pôde gerar
gêmeos, totalmente saudáveis; ou seja, idade não
é assim, um obstáculo.
Sou filha de uma mãe revolucionária para sua
época, que sempre disse ter certeza que seria mãe
de uma única filha, e que engravidou aos 36 anos.
O ano era 1984 e imagine como a dona Olga foi
criticada pela sociedade de 28 anos atrás! Parentes,
amigos e até a classe médica alertavam sobre os
riscos, mas sob a supervisão da maior sumidade
em gestações desta cidade, o médico ginecologista
e obstetra, Dr. Raul Clemente, minha mãe deu à
luz com tranquilidade e segurança, aos 37 anos de
idade. No momento em que se sentiu preparada
para realizar o seu sonho de ser mãe.
As principais lembranças que tenho da
vivência com a minha mãe estão relacionadas à
cozinha. Não me esquecerei nunca dos bolos de
chocolate, de cenoura, de fubá, dos bolinhos de
chuva, do pão de queijo, das roscas caseiras e da
pipoca quentinha com que ela me esperava todo
fim de tarde, quando chegava da escola, e algum
tempo depois, quando chegava do trabalho.
Nunca fui uma criança “fofinha”, mas como
não tenho mais o mesmo metabolismo daquela
época, tive, tristemente, que pedir para a dona
Olga espaçar esses agrados gastronômicos. Ela se
REVISTA SPOTVIP
46
ABRIL 2014
magoou, como toda boa descendente de italianos
que adora cozinhar, mas entendeu, e pelo menos
no domingo, me brinda com apenas uma dessas
guloseimas. É muito bom!
Mais do que as memórias de brincadeiras com
a minha mãe, minhas principais recordações estão
ligadas a tudo aquilo que ela sempre produziu
para mim com carinho, os alimentos. E acredito
que deva ser assim com todo mundo. Tenho
certeza que os filhos que já perderam suas mães,
com muita frequência devem se lembrar daquela
comida preferida, que só suas mães preparavam
de forma esplêndida.
Daí, vejo a realidade das mulheres que ainda
não estavam exatamente preparadas para ser
mãe, e tenho pena das crianças que são alimentadas em cinco, de cada sete dias da semana, pela
papinha do supermercado. Que se lembrarão dos
bolos preparados pelas avós, porque as mães não
têm tempo (ou não sabem preparar nem um
bolo de caixinha). Não, esse meu discurso não é
submisso nem machista; eu só acredito que essas
pequenas alegrias marcam o nosso crescimento e
nossos laços afetivos.
Ser mãe é alegria e sofrimento espontâneos no
mesmo momento, e como diria a sábia enfermeira
Adriana Recco, que tantos cursos para gestantes
ministrou na Santa Casa de Sertãozinho – e que
tanto acompanhei pelo feliz contato profissional
que tive com aquele hospital -, amamentar dói. E
o que dizer das mães que, em plenas condições de
amamentar, privam-se de ser a fonte de alimento
de seus filhos, por falta de paciência – depois de
terem esperado, pacientemente, nove meses pelo
nascimento deles?
Das mães com grave atraso evolutivo, que
abandonam seus filhos em caçambas, lixeiras e
aterros sanitários, ou os descartam em córregos,
o que dizer? É tão bruta essa atitude, que não
conseguimos nem adjetivá-la. Prefiro crer que,
Deus sabe o motivo pelo qual os bebês que sobrevivem a essa maldade tiveram que passar por
isso, em seus primeiros minutos de vida; afinal,
quem abandona um bebê nessas condições, não
o deixa para ser encontrado por alguém de bem,
pois o deixa muito mais próximo da morte do
que da vida.
Se minha convivência com a minha mãe é
perfeita? Não, não é. Somos pessoas com personalidades fortes, que às vezes não concordam em
muita coisa, mas acabam concordando em muitas
também. Minha mãe é uma pessoa batalhadora,
que sempre me fez trilhar o caminho do bem, e só
posso agradecê-la pela vida, pelos ensinamentos
de vida e pelo amor de todos os dias. Obrigada
por tudo, mãe! Amo você! E você merece essa
homenagem mais do que ninguém! Quando for
mãe, quero ser assim, igual a você!
REVISTA SPOTVIP
47
ABRIL 2014
Liderança
Preparação
Master Mind 2014 em Sertãozinho
No dia 15 de abril foi realizada
no Confort Hotel a aula de apresentação inicial do curso para
líderes MASTER MIND em Sertãozinho, que será realizado pelo
período de 3 meses, à partir do dia
29 deste mês.
MASTER MIND é uma expressão mundialmente utilizada para
designar aquelas pessoas que tem
um desempenho acima da média
e que, por isso, se destacam em
suas áreas de atuação e são bem-sucedidas.
Os treinamentos MASTER
MIND de Alta Performance são
inspirados nas obras de Napoleon
Hill, como A Lei do Triunfo, um
dos livros mais lidos e estudados no
mundo e uma das referências mundiais em liderança, e Quem Pensa
Enriquece, com mais de 30 milhões
de exemplares vendidos no mundo.
O conceito MASTER MIND começou a ser estudado pelo pensador
Napoleon Hill em 1908 em sua obra
A Lei do Triunfo.
Como foi a primeira grande
pesquisa sobre comportamento
empresarial no mundo, serve de
fundamento para inúmeras pesquisas em mais de 20 países.
Maiores informações: Fone: (16)
99711-6418, com Aristeu Silva.
REVISTA SPOTVIP
48
ABRIL 2014
Na foto Alexandre Pratti, Roberta Sverzut, Aristeu Silva e demais
representantes e participantes do
Master Mind
REVISTA SPOTVIP
49
ABRIL 2014
AgroSpot
Agricultura e afins
Marcos Fava Neves
O campo salva a cidade I...
Macroeconomia e Consumo:
O agro exportou em janeiro de 2014 US$
5,87 bilhões, uma queda de 10,8% em relação
a janeiro do ano passado. Com importações
de US$ 1,46 bilhão, o saldo foi 14% menor,
com US$ 4,41 bilhões. Trata-se de começo
meio complicado e somando-se as perdas
com a inesperada seca de janeiro, dificilmente
chegaremos aos US$ 100 bilhões neste ano,
em exportações.
Problemas à frente na questão da energia.
As térmicas em fevereiro estão em pico histórico de produção, fornecendo praticamente
19% da energia do país. Resta saber o custo
que isto terá para a sociedade brasileira. Poderia ser evitado, se a cogeração à partir do
bagaço de cana tivesse sido estimulada.
Cana: Saiu mais uma informação da safra
2013/2014 pela UNICA. A moagem foi de
596,2 mi t no Centro-Sul, 12% maior que em
2012/13. A produção de açúcar cresceu 0,57%,
para 34,277 mi t e etanol cresceu 19,52%, um
total de 25,51 bilhões de litros, sendo 11,03 de
anidro (19,52% maior) e 14,48 de hidratado
(16% maior). O mix foi de 45,25% para açúcar
e 54,75% para etanol. Em relação às perspectivas devido à seca, estimativas começam a
aparecer e não são animadoras. A Canaplan
estima que um desastre pode acontecer, com
safra abaixo da previsão anterior, de 577
milhões de toneladas.
Foram apresentados os resultados do último trimestre de 2013. A Raizen teve prejuízo
de R$ 115 milhões. Além do faturamento ter
caído, a empresa teve impacto da variação
cambial. A Biosev acumulou prejuízo de R$
203 milhões. Já a São Martinho teve lucro de
quase R$ 33 milhões.
Etanol: venda de etanol pelas usinas em
janeiro foi de 2,2 bilhões de litros, 8,4% a mais
que em janeiro de 2013. 96% foi para consumo
doméstico.
Está já em trâmite no governo, uma solicitação do setor, para aumentar a mistura de
etanol na gasolina dos atuais 25% para 27,5%,
e com isto consumir mais 1 bilhão de litros de
anidro. São necessários alguns pareceres, mas
existe otimismo no setor, que pode ser uma
medida. Vale ressaltar que em 2008 eu fiz esta
sugestão! Vale ressaltar que esta ação pode
tirar até 2 milhões de toneladas de açúcar do
mercado mundial.
Fechamos janeiro, segundo o Sindicom
(agrega 60% do mercado), vendendo 695
milhões de litros de hidratado, 37% acima de
janeiro de 2013. De gasolina foram vendidos
2,64 bilhões de litros. Chama a atenção que
este consumo é quase 8% maior que o ano
passado. Como ficaremos em relação a abastecimento e importações?
Diversos analistas apontam que a produção da Petrobras deve aumentar 5% neste
ano, o que ajudaria na questão do consumo.
O problema é a capacidade de refino, para
produção de gasolina.
Em 2013 exportamos 2,9 bilhões de litros
de etanol, arrecadando US$ 1,87 bilhão.
Em janeiro de 2014
a exportação foi de
quase 193 milhões
de litros, 45% abaixo
do ano passado e o
preço médio de US$
0,63/litro (FOB)
Começam a aparecer mais estudos e
iniciativas de etanol
vindos do milho.
Podem ocupar áreas
de safrinha hoje não
cultivadas devido a
preços de transporte
do grão, é complementar à cana no
abastecimento, não
sendo perecível e é produzido por produtores
independentes.
Segundo a FCStone, uma tonelada de milho processada gera 375 litros de etanol, 240
toneladas do DDG que é usado na alimentação animal e 18 litros de óleo. Simulações da
empresa para uma usina de 580 mil toneladas
de milho anuais e um investimento de R$ 241
milhões daria um ROI acima de 20% em MT
e MS. Segundo a empresa, poderíamos já
produzir 2,6 bilhões de litros e estimou um
custo de produção de R$ 1,023/l
Segundo a Archer Consulting, consumimos em 2013, 5,85% a mais de combustíveis
no Brasil, sendo 39,2% etanol. Estima para a
safra 2014/15 que consumiremos 22,9 bilhões
de litros de etanol e 32,4 bilhões de litros de
gasolina. A média de crescimento de consumo de combustíveis é de 6,17% ao ano nos
últimos cinco anos. Segundo a Bioagência,
entre 2009/10 e 2013/14, o consumo de gasolina no Brasil cresceu 56%, indo de 26,8
para 41,8 bilhões de litros. Já a demanda do
hidratado caiu de 15,6 para 10,9 bilhões de
litros. A frota flex brasileira hoje tem plenas
condições de consumir 2 a 2,2 bilhões de litros
de hidratado por mês.
Açúcar: Superávit mundial deve ser menor que o estimado, devido a safra mais alcooleira. A Índia aprovou um subsídio de US$ 54
por tonelada de açúcar exportada, para apoiar
o setor neste momento de preços baixos e
elevação de custos de aquisição de cana. A
estratégia é a de poder competir melhor com
a Tailândia e outros exportadores além de
diminuir os excedentes no mercado interno.
A Índia deve produzir 25 mi t e consumir
23,5 mi t mas o problema é o estoque atual,
estimado em 10 mi t. Este subsídio impacta
o mercado mundial e distorce ainda mais
os preços, é maléfico ao Brasil e deveríamos
pensar em contestar esta decisão da Índia.
Este subsídio poderia ser convertido para a
produção de etanol, com o mesmo efeito, sem
distorcer os preços do açúcar.
Segundo o HSBC, a média de preços do
REVISTA SPOTVIP
50
ABRIL 2014
açúcar na safra atual deve ser de 17,05 cents
(para o ciclo que se encerra em setembro),
17,20 em 14/15. Acreditam em 22,80 cents em
17/18. Está em linha com o que publiquei e
acredito, um preço médio na década ao redor
de 20/21 cents.
A OIA já soltou uma previsão, que no
ciclo 2014/15 pode haver déficit de produção
de 2 milhões de toneladas. Mas o reflexo em
preços deve demorar, devido aos elevados estoques existentes em muitos países. A Indonésia segue sendo importante mercado para as
importações de açúcar, com autorizações para
importar 3,05 milhões de toneladas em 2014.
Homenageado do Mês: Antes de concluir, para não perdermos a característica
da coluna, o homenageado do mês é o Prof.
Dr. Sigismundo Bialoskorski Neto. Grande
entusiasta e estudioso do cooperativismo,
um dos nossos principais cientistas do setor,
que está terminando excelente gestão como
Diretor da FEA-RP.
Haja Limão: neste mês o conjunto da obra
merece o limão. Saímos de Davos para parar
em Cuba, sem antes dar uma “portuguesada”
em Lisboa... Investimos em infraestrutura
cubana, apoiamos o novo maduro, para não
dizer podre, ditador venezuelano, que massacra os estudantes e o povo, e está extinguindo
a democracia. Aceitamos que o MST promova
desordem, destruição e ataque aos policiais,
ferindo quase 20 servidores do estado. Dia
seguinte, recebemos o MST no palácio, com
todas as pompas. Assistimos ao MST organizar um congresso para 15 mil pessoas, sem
sabermos de onde vem os recursos para tal
evento. E para terminar acidificando vocês
todos, somos apresentados à tal da Sininho,
ativista, junto com outros dois assassinos e
diversos outros manobrados, remunerados
pela quadrilha subterrânea, na qual vem se
transformando o Brasil. Meu Deus, pensa
num mês terrível. Haja limão.
MARCOS FAVA NEVES é professor titular de planejamento e estratégia na FEA/
USP Campus Ribeirão Preto e coordenador
científico do Markestrat.
AgroSpot
Agricultura e afins
Marcos Fava Neves
Fonte: REVISTA CANAVIEIROS Ed. Fev./Março/2014
O campo salva a cidade II...
Macroeconomia e Consumo:
Vai mal nossa balança comercial. Fevereiro
apresentou o pior resultado desde 1993. O
déficit foi de US$ 2,12 bilhões. Acumulando
janeiro, já estamos com déficit de US$ 6,18
bilhões. Contribui com este problem a uma
alta de 8% na importação de combustíveis e
lubrificantes. Em relação a 2012, gastamos
US$ 370 milhões a mais nesta conta.
O índice FAO de inflação de alimentos
subiu 2,6% de janeiro a fevereiro, reflexo de
temores sobre a crise da Ucrânia, o já conhecido aumento da demanda, e problemas climáticos na produção. Entre todos os produtos,
a maior variação foi a do açúcar, com 6,2%.
Cálculos de analistas mostram perdas de
mais de R$ 10 bilhões com a seca no Centro-Sul e excesso de chuvas no Centro-Oeste.
Houve revisão para baixo, devido às secas, da
estimativa de safra da Conab, agora ao redor
de 190 milhões de toneladas.
Cana: Segundo a MBF, algo que adiantamos aqui, desde 2008 são 56 pedidos
de recuperação judicial no setor, e
apenas neste ano, desde janeiro, são
seis usinas.
A Unica acredita em antecipação
da moagem em pelo menos 40 Usinas
ainda em março, graças aos preços
atrativos do etanol, o que pode ser
bom para interferir no preço do
açúcar.
Ainda difícil de estimar, mas as
notícias não são boas em relação a
produção de cana. Podemos ter quebra maior que a estimada, e com o
consumo maior de etanol, podem surgir problemas de abastecimento ao longo da safra e
principalmente, alteração no preço do açúcar.
Etanol: Exportações de fevereiro foram
de 65,7 milhões de litros (quase 70% a menos
que fevereiro de 2012). Apenas cerca de US$
40 milhões em receitas. No acumulado do
ano estamos quase 54% a menos que em 2013.
Graanbio anunciou que seguem firmes os
investimentos de US$ 1 bilhão em projetos de
etanol de segunda geração. A primeira usina
em Alagoas está entrando em operação e com
custo de produção de R$ 1/litro.
Fechados os números de consumo de
combustíveis no Brasil em 2013. O total foi de
136,3 bilhões de litros, 5% maior que em 2012.
O consumo de diesel foi de 58,5 bilhões, alta
de 4,6%. Biodiesel representou 2,6 bilhões,
alta de quase 6%. O consumo de hidratado
aumento 9,5%, atingindo 10,8 bilhões de
litros. As vendas de gasolina cresceram 4%,
para 41,4 bilhões, e com o aumento da mistura
para 25% em maio, o consumo de anidro em
2013 foi 30,2% maior. Somando-se anidro e
hidratado, o consumo foi de 21,12 bilhões
de litros.
O consumo de hidratado pelas associadas
do SINDICOM (representam 60% do mercado) em fevereiro de 2014 foi 27% maior que
o mesmo mês de 2013. Este é o número mais
importante a ser acompanhado,
uma vez que teremos menos cana.
Açúcar: Exportações de fevereiro foram de 1,8 milhões de
toneladas. Representa 1% a mais
que 2012. Já a receita, de US$ 702,3
milhões, foi quase 20% menor que
no ano anterior. No acumulado
do ano (3,93 mi t e US$ 1,55 bi)
estamos quase 3,5% a menos em
volume e 21,3% menores em receita, quando comparados com o
mesmo período de 2013.
Neste fevereiro o açúcar valorizou 18% na bolsa de NY. Previsão
de produção na Índia caiu 5%, devido a
evento contrário ao observado nos canaviais
brasileiros: chuva intensa. As previsões que
eram de 25 mi. t. vieram para 23,8 mi. t. A
Índia vem tomando mercados tradicionais
do açúcar brasileiro, como o Irã, Bangladesh
e Malásia, graças a subsídios de exportação,
dado pelo Governo.
São esperadas oscilações mais fortes no
mercado de açúcar no segundo semestre.
Segundo a Archer, a média em reais de outubro a novembro de 2013 foi de R$ 942 por
tonelada, e neste ano a média está em R$ 865,
portanto, acredita em aumento. O que pode
impedir aumento em NY seria uma desvalorização do real. Será uma safra mais alcooleira
devido ao fato do etanol anidro apresentar
a melhor remuneração.
Mesmo com o incêndio que atingiu os
terminais da Copersucar ano passado, as
exportações na safra
2013/14, que se encerram em 31 de março,
serão 11% maiores
que no ciclo anterior. A empresa deve
comercializar 8,5 milhões de toneladas,
sendo 6,8 milhões
para exportação. A
empresa garante que
até o início de 2015
toda a estrutura em
Santos estará recupeREVISTA SPOTVIP
51
ABRIL 2014
rada e o terminal principal pode movimentar
10 milhões de toneladas.
Homenageado do Mês: o homenageado
do mês é o Dib Nunes, Diretor do grupo
IDEA. Um dos craques do setor de cana no
Brasil, com excelente contribuição visando
o crescimento e desenvolvimento do setor.
Haja Limão: o limão do mês é o valor
do subsídio que a sociedade brasileira dará
graças aos sequenciais erros de política pública em energia, seja eletricidade, sejam nos
combustíveis. Estimada em R$ 63 bilhões.
Um medida populista. E por falar em populismo, Rodrigo Constantino, em seu artigo na
Veja, como se diz no campo, “matou a pau”.
Tomo a liberdade de compartilhar sua frase
para encerrar nosso texto deste mês. É o que
penso de nosso Governo e dos Governos da
Argentina, Venezuela, Equador, entre outros.
“Governos populistas hipotecam o futuro,
plantam as sementes de tragédias e focam
apenas o aqui e agora das pesquisas de
opinião. Pensam nas próximas eleições, e as
próximas gerações que se lixem. Alimentam
o monstro que vai nos devorar amanhã.
Sacrificam o destino de nossos filhos e netos
para garantir sua permanência no poder”.
(Revista Veja, 19/03/14).
MARCOS FAVA NEVES é professor titular de planejamento e estratégia na FEA/
USP Campus Ribeirão Preto e coordenador
científico do Markestrat.
REVISTA SPOTVIP
54
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
55
ABRIL 2014
Fashion STZ
Maisa Vieira
[email protected]
Cada mãe tem um estilo. Saiba qual é o da sua!
Com a revolução
feminina, as mulheres deixaram de ser meramente figurativas na sociedade. Elas conquistaram
espaço, liberdade, e passaram a ocupar
os mais diversos cargos profissionais.
Mas tantas mudanças não conseguiram
interferir no instinto da maternidade.
O importante é lembrar que mãe é
mãe, e cada uma tem um jeito de ser:
algumas são descoladas, modernas,
clássicas, esportivas ou ainda românticas,
sofisticadas, intelectuais e workaholics –
viciadas em trabalho, que desempenham
o papel muito bem.
E como esta data não pode passar em
branco, confira abaixo o perfil de cada estilo de mãe para você acertar no presente
ideal. Feliz Dia das Mães!
Moderna: A mãe moderna é aquela
que está na moda. Para presentear esse
tipo de mãe, vale desde um celular de
última geração até roupas para seu estilo;
como as peças de couro ou a mistura do
preto e branco; que já virou mania
entre as maiores celebridades.
Sem contar as bolsas, sapatos e
acessórios que não ficam de fora.
Então escolha modelos que sejam
novidade no mercado.
Ousada: Ela gosta de mostrar o corpo. Geralmente
é vaidosa, preocupada
com a boa forma e cuida
da alimentação. Usam
calça legging, tops, frente-única, blusinhas e calças
mais apertadas, decotes
frontais ou nas costas,
vestidos e saias mais curtas, sandálias e sapatos
de salto alto. Apesar
de cada mulher ter seu
estilo próprio, sempre
é possível adequá-lo
ao tipo de evento ou
ocasião.
Clássica: A mãe
clássica é aquela que
faz mil tarefas ao mesmo
tempo e ainda dá conta de
fazer os deveres de casa, então
o melhor presente que você pode
dar, é alguma roupa para compor um
look para trabalhar. Camisas de seda,
calças de alfaiataria e um blazer com
recorte mais fino são boas pedidas para
esse tipo de mãe.
Romântica: Para as mães mais românticas, a dica é optar por peças mais
delicadas, como vestidos de renda, tons
mais claros, um brilho mais discreto,
sapatos arredondados no estilo boneca
e bolsa com um ar mais retro.
Casual: É básica e também preza o
conforto como a esportiva, porém, gosta
de ousar em peças e acessórios que são
tendência em cada estação.
No dia a dia usa jeans, regatas, batas,
vestidos, sapatilhas ou sandálias. Acessórios coloridos, bolsas tipo sacola ou
grandes.
Esportista: aquela mãe que é rata de
academia e mesmo aos finais de semana
comparece a corridas matinais e faz
as sagradas aulas aeróbicas. Um bom
tênis para corrida ou uma calça
apropriada para as atividades
podem ser uma ótima escolha
para mimar a sua mãe.
Descolada: A mãe descolada é aquela que assiste a todos os tutorias
de make up, para compor
uma bonita maquiagem
quando for sair com
as amigas ou com os
amigos. Para isso não
perde uma tendência
de maquiagem e fica
sempre ligadinha
nos vestidos mais
glamorosos, justos,
com decotes e repleto de aplicações.
Então, invista em
um presente para o
Dia das Mães, que siga
esse visual mais festa.
Futura mãe - “Desde
quando uma grávida não
pode ser fashion?” Atualmente a moda voltada
para as gestantes está cada
vez mais moderna, seguindo as todas as tendências da
REVISTA SPOTVIP
56
ABRIL 2014
temporada.
Sabendo qual é o estilo da sua mãe,
fica mais fácil acertar no presente, mas
claro, que adequando a personalidade e
gostos da sua mãe.
Agora aproveite todas essas dicas e vá
correndo comprar o presente da sua Mãe!
Feliz Dias das Mães!
REVISTA SPOTVIP
57
ABRIL 2014
Social
Amir Calil
[email protected]
Fotos: Ayrton Photos
A beleza de Cleide e Marcelly Almussa,
fazem moldura para Eliná [email protected], na
Pizzaria Bella Dora
Eliza e Gustavo Sverzut em terras
do Tio Sam
O engenheiro José Roberto Romero,
superintendente da Neomix Concreto,
participou da edição de 2014 do Cement
Business & Industry - Brazil & Latam,
que aconteceu no hotel Hilton Morumbi
em São Paulo
Adriana Coselli Marcondes com a filha
Marcella no IV Polo Challenge
Renato Aguiar movimentou o Shopping JK Iguatemi em São Paulo, autografando seu novo livro
Rui Manuel Oliveira, vice-presidente da Meliá Hotels International
Brasil, feliz com a abertura do Meliá
Paulista, situado estrategicamente na Avenida Paulista, uma das
principais artérias de negócios da
América Latina e uma das avenidas
mais cosmopolitas do mundo
Isto que é poder: Fabiana Beatriz Boodts e Vander Françosa casaram
no gazebo do Caribe Club Princess Beach Resort & Spa, em Punta Cana,
República Dominicana, no mar do Caribe
Ele está na crista da onda: Henrique Azevedo, do Espaço Golf
REVISTA SPOTVIP
58
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
59
ABRIL 2014
Cocred em Ação, Copercana e Canaoeste promovem
jantar beneficente em prol do Hospital de Câncer de Barretos
O jantar contou com a apresentação da dupla Jorge e Mateus e reuniu mais de mil pessoas em Sertãozinho
Fotos: Rafael Mermejo
P
Antonio Tonielo agradeceu os patrocinadores do evento, ao lado da dupla Jorge & Mateus e
do presidente do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata.
Leonardo, Daniel, Zezé di Camargo e Luciano,
Sérgio Reis e Renato Teixeira, Victor e Léo,
Paula Fernandes e este ano, Jorge e Mateus.
Para o ano que vem, a diretoria do Sistema
Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, trazem
uma grande novidade. O evento será realizado
no Centro de Eventos Copercana, um espaço que
vai abrigar a feira Agronegócios Copercana e o
jantar beneficente em prol do Hospital de Câncer
de Barretos. O local conta com uma área total de
aproximadamente 10.300 m², estacionamento
próprio, vestiários, sanitários, palco e camarins,
cozinha e apoio para buffets, além de estrutura completa para a realização de feiras, festas,
shows e formaturas. Moderno e sofisticado, o
novo espaço vai trazer conforto e tranquilidade
para todos que contribuem com o evento há 8
anos. (Assessoria de imprensa da Copercana)
Diretores do Sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred e familiares
Equipe de voluntários
Foto: Tiago Neris Barretos/Sp
elo 8º ano consecutivo, a Cocred
em Ação, Copercana e Canaoeste
organizam um evento para angariar fundos em prol da Fundação
Pio XII (Hospital de Câncer de Barretos).
O jantar beneficente aconteceu no dia 16 de
abril, no Clube de Campo Vale do Sol, em
Sertãozinho, e contou com a apresentação da
dupla Jorge e Mateus que cantaram os antigos
e os novos sucessos da dupla.
O desafio de manter o hospital de portas
abertas cresce a cada dia, na medida em que a
instituição se torna conhecida em todo território nacional. A entidade filantrópica destinase a prevenção e tratamento de pacientes com
câncer, com 100% do atendimento via SUS.
São realizados mais de 4 mil atendimentos
por dia no hospital, com cerca de 260 médicos especializados em diversas áreas e mais
de 3 mil colaboradores.
Mais do que nunca é preciso do apoio financeiro de pessoas e empresas conscientes
de suas responsabilidades com os mais necessitados, para que a fundação continue sua
missão de salvar vidas. “Precisamos de pessoas como o Sr. Toninho Tonielo que juntamente com o Sistema Copercana, Canaoeste
e Sicoob Cocred abraçou essa causa com louvor. Precisamos fazer todos os meses milhões
de ações. O hospital de Câncer de Barretos
sobrevive milagrosamente, pois, temos um
gasto acima do que o SUS nos paga, então
precisamos fazer todos os meses milhões de
ações para poder continuar nossa missão.
Que o exemplo do Jorge e Mateus possa contaminar as novas gerações que possam ter a
humildade em ajudar assim como eles”, disse
o diretor do Hospital de Câncer de Barretos,
Henrique Prata.
Toda a renda do jantar será revertida para a
fundação Pio XII. “Essa é a oitava festa e queremos agradecer a dupla Jorge e Mateus por estar conosco nesse dia tão importante e também
quero agradecer todas as empresas que colaboraram e nos ajudaram sem medirem esforços
para realizarmos a melhor festa possível. Para
nós é motivo de muita alegria e satisfação”, disse Antonio Eduardo Tonielo, presidente da Copercana e da Sicoob Cocred, em seu discurso de
agradecimento durante o show.
Toninho Tonielo também agradeceu “a
equipe de diretores, funcionários e colaboradores das cooperativas e associação, por contribuírem com o sucesso de mais um evento
assistencial e beneficente que já é tradicional
em nossa região”.
Já contribuíram com o evento em outras
edições os cantores Chitãozinho e Xororó,
Henrique Prata, Jorge, Lelo Bighetti, Antonio Tonielo, Manoel Ortolan e Mateus
REVISTA SPOTVIP
61
ABRIL 2014
ACONTECE
Por: Eduardo Leoni
Recursos extras para a Santa Casa
[email protected]
Colaboração: Bia Santos
[email protected]
FOTO: Josiane Cunha
Durante o ano de 2014, o hospital vai receber R$3 milhões de recursos
extras para atender a população.
O anúncio foi feito no dia 26
de março, pelo governador
Geraldo Alckmin, durante a
inauguração do novo prédio
da Delegacia Seccional de
Polícia de Sertãozinho. O
valor faz parte do novo
programa de auxílio às
Santas Casas e Hospitais Filantrópicos
e corresponde a 40%
dos recursos que o
hospital recebe do SUS (Sistema Único de Saúde).
Com este repasse de verbas, a Santa Casa se tornará um
“hospital estratégico” do SUS e se consolidará como referência
em atendimentos de média complexidade para 26 municípios da
região de Ribeirão Preto.
Governador Geraldo Alckmin, Prefeito Zezinho Gimenez e autoridades
posam para foto com a equipe da Diretoria e colaboradores da Santa Casa
MD Móveis participa Movelsul 2014
A grande vantagem de
ter os fornecedores da MD
Móveis Corporativos participando é o fortalecimento da
marca, muitos aproveitaram
para reforçar os laços de parceria com os clientes e também
para apresentar as novidades,
lançamentos de linhas, a Pandin vem como armários com
portas de correr. Cavaletti cadeiras da linha lounge e talk.
A Movelsul aconteceu nos
dias 24 a 28 de março e é a melhor e maior feira de móveis
da América Latina.
Abrigando em 57.219 m2
de exposição centenas de expositores que
apresentam de forma segmentada sua
diversidade em mobiliário. Promovida
pelo Sindmóveis, de Bento Gonçalves,
desde 1977.
Logo estaremos recebendo as novidades, aguardem!
Agua Terra Brasil inaugura loja mais ampla
A Água Terra Brasil estará, em
breve, ampliando sua loja. Serão mais
de 350 metros quadrados, onde os
clientes poderão encontrar toda linha
de produtos para seu animal de estimação (peixes, cães, gatos e aves), além
de uma grande variedade de peixes
e aves (exóticos e nacionais). “Trabalharemos somente com o que há de
melhor no mercado, prezando sempre
a qualidade do atendimento a nossos
clientes e seus animais de estimação”,
diz Germano Tremiliosi Neto, proprietário.
Outra grande novidade será a instalação de um consultório veterinário com
especialistas em todas as espécies animais
atendidas pela loja. Os veterinários, Dr
Frank Reinaldo Cardoso e Dra. Letícia
Neves, estão em constante atualização e
reciclagem e estarão trazendo as mais novas
técnicas de atendimento em emergências e
cuidados diários para o seu animal.
A futura loja fica Rua PIO DUFFLES, 749.
REVISTA SPOTVIP
62
ABRIL 2014
Campanha do Agasalho
A primeira-dama e presidente do Fundo
Social de Solidariedade, Tatiane Guidoni,
durante o lançamento da Campanha do
Agasalho 2014
Já foi lançada a Campanha do Agasalho 2014, com o Slogan: “Roupa boa, a
gente doa”. O Fundo Social de Solidariedade já iniciou a distribuição das caixas
de coleta, em diversos pontos da cidade.
Empresas do comércio e da indústria,
interessadas em apoiar a campanha,
podem solicitar a colocação da caixa de
coleta junto ao Fundo Social de Solidariedade, através do telefone 3947 7374.
Podem ser doados calçados e roupas
que estejam em bom estado de conservação, ou seja, que não estejam rasgados.
No caso dos calçados, pede-se que o
par seja amarrado com um barbante ou
que seja colocado dentro de uma sacola
plástica para evitar que os pés se percam.
Neste ano, o Fundo está fazendo uma
mobilização para arrecadar mais roupas
masculinas para adultos, pois essas peças
são doadas em menor quantidade que as
femininas.
Unidos pelo combate ao crack
em Sertãozinho
O deputado federal Protógenes Queiroz (PC do B) estará em Sertãozinho no
dia 22 de maio, proferindo uma palestra
sobre combate ao crack e outras drogas.
O evento será no campus do Instituto
Federal de São Paulo (IFSP) às 19 horas,
destinado a toda a comunidade.
O presidente do PC do B, Márcio Ráo,
intermediou a visita ao deputado Queiroz,
no dia 31 de março, realizada juntamente
com a secretária de Desenvolvimento
Social e Cidadania, Janaína Crosara e o
Secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Cel João Batista Camargo.
Na ocasião além de acertar os últimos
detalhes da palestra, o grupo pediu a
colaboração do mesmo, na obtenção de
recursos federais para ações de combate
a drogas, no município.
O Deputado esclareceu sobre o programa “Crack é possível vencer” do governo
federal e comprometeu-se em encaminhar
orientações com o passo a passo para a
adesão. Protógenes Queiroz é presidente
da Frente Parlamentar Mista de Combate
ao Crack.
Sertãozinho ganha seu primeiro
empreendimento comercial de alto padrão
Na cidade de Sertãozinho, interior de São
Paulo, a 10 minutos de Ribeirão Preto, está
situado um dos maiores pólos industriais
do país, com pouco mais de 500 industrias
se estendendo ao longo das rodovias Armando de Salles Oliveira e Atillio Balbo, e
também dois pólos isolados denominados
distritos industriais, com mais de 90 industrias e crescendo mais a cada dia. Sertãozinho é considerada a capital mundial do
setor sucroalcooleiro e conta com o maior
PIB da região.
Inúmeros países são importadores dos
produtos das indústrias sertanezinas como
Alemanha, Estados Unidos, Itália, Japão,
Polônia, Suécia, México, China, França,
Países Baixos (Holanda). Os principais
blocos econômicos são: União Européia,
Adadi – inclusive Mercosul e África, Europa
Ocidental e Ásia e Oriente Médio.
O último empreendimento comercial
lançado na cidade foi há 25 anos. Pensando
nesse potencial econômico da cidade e a
carência de um espaço comercial moderno, para atender todas as necessidades de
grandes empresas e também profissionais
liberais, a Pafil Empreendimentos e Pavan
Mamed trazem para cidade, o Centro Empresarial STZ | OFFICES.
Localizado em um ponto estratégico de
Sertãozinho, o empreendimento é o primeiro complexo empresarial de alto padrão
da cidade. Um Edifício de 20 andares, com
salas de 37m² a 500m², um mezanino com
auditório, salas de reuniões e ainda um
pavimento térreo, que contará com vários
Sorteio do Kit
Escritório
serviços como bancos, lojas, restaurantes,
lotérica e academia, tudo isso para facilitar
o trabalho e otimizar o tempo dos empresários e profissionais liberais que terão suas
empresas, escritórios e consultórios no local.
Além de toda estrutura para atender
o dia a dia de uma empresa, o empreendimento contará com uma sala específica
para a equipe de segurança, que fará o
monitoramento do edifício inteiro.O prédio também é o primeiro da cidade que
contará com um heliponto, para facilitar o
transporte de pessoas, com rápido acesso as
indústrias e ao comércio local. O tempo de
vôo entre o aeroporto de Ribeirão Preto e o
STZ | OFFICES é de 5 minutos.
REVISTA SPOTVIP
63
ABRIL 2014
A cliente vencedora do Sorteio do Kit
Escritório, que foi a primeira promoção de
várias que estarão acontecendo este ano, em
comemoração ao aniversário de 10 anos da
Revista Spotvip, foi a Clínica de Estética
Curvas. Participaram da promoção os
clientes que anunciaram de janeiro a março
de 2014. O sorteio foi realizado dia 31/03, as
17h00, no escritório sede da revista, com a
presença da cliente Dani, da loja de roupas
Rosa Poá, que foi nossa convidada para
acompanhar todos os detalhes, confirmar a
lisura e idoneidade da ação de marketing, e
realizar o sorteio. Ela foi recebida pelo jornalista e diretor comercial Eduardo Leoni,
que comandou o sorteio, com o apoio de
Denise Matos, e com a presença de demais
colaboradores da revista. Na foto Eduardo
e Dani exibem o cupom sorteado. O Kit
Escritório foi composto por 5 itens de móveis de escritório: 1 mesa, 1 cadeira diretor
giratória, 1 armário e 2 cadeiras almofadadas. Agradecemos a todos os anunciantes,
parabenizamos a cliente sorteada Curvas,
e informamos que a segunda promoção já
está valendo: sorteio de uma página dupla
dia 30/06/14, aos anunciantes de abril, maio
e junho. Anuncie e ganhe 10 cupons para
participar. E boa sorte! Vale ressaltar que o
sorteio foi todo filmado e o vídeo encontra-se a disposição na sede da revista Spotvip.
Também, agradecemos a presteza e o apoio
da Dani da Rosa Poá, por ter aceito o nosso
convite. Lembramos também que a Rosa
Poá não estava participando do sorteio.
Anuncie. aqui você tem resultado!
REVISTA SPOTVIP
64
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
65
ABRIL 2014
Cultura
Dicas de Filmes
Noé
Drama Épico
Classificação indicativa: 14 anos
Noé (Russell Crowe) vive com a esposa Naameh (Jennifer Connelly) e os
filhos Sem (Douglas Booth), Cam (Logan
Lerman) e Jafé (Leo McHugh Carroll)
em uma terra desolada, onde os homens
perseguem e matam uns aos outros. Um
dia, Noé recebe uma mensagem do Criador de que deve encontrar Matusalém
(Anthony Hopkins). Durante o percurso
ele acaba salvando a vida da jovem Ila
(Emma Watson), que tem um ferimento
grave na barriga. Ao encontrar Matusalém, Noé descobre que ele tem a tarefa
de construir uma imensa arca, que abrigará os animais durante um dilúvio que
acabará com a vida na Terra.
12 Anos de Escravidão
Em `Rio 2´, Blu e sua família embarcam
em uma aventura para provar que sabem
viver além da vida domesticada. Mas Nigel, nosso vilão preferido, está de volta e
buscando vingança, então vai garantir que
as férias em família se tornem uma jornada
selvagem. Blu, Jade e todos os seus amigos
irão levar o público a mais risos, a novos
personagens, música, e mais ação, à medida
que descobrimos que Blu é capaz de tudo
para salvar sua família.
Drama Histórico
Classificação indicativa: 14 anos
Capitão América 2: O Soldado Invernal
Ação e Aventura
Classificação indicativa: 14 anos
Dois anos após os acontecimentos em Nova
York (Os Vingadores - The Avengers), Steve
Rogers (Chris Evans) continua seu dedicado
trabalho com a agência S.H.I.E.L.D. e também
segue tentando se acostumar com o fato de que
foi descongelado e acordou décadas depois de
seu tempo. Em parceria com Natasha Romanoff
(Scarlett Johansson), também conhecida como
Viúva Negra, ele é obrigado a enfrentar um poderoso e misterioso inimigo chamado Soldado
Invernal, que visita Washington e abala o dia
a dia da S.H.I.E.L.D., ainda liderada por Nick
Fury (Samuel L. Jackson).
1841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz
ao lado da esposa e filhos. Um dia, após
aceitar um trabalho que o leva a outra
cidade, ele é sequestrado e acorrentado.
Vendido como se fosse um escravo,
Solomon precisa superar humilhações
físicas e emocionais para sobreviver. Ao
longo de doze anos ele passa por dois
senhores, Ford (Benedict Cumberbatch)
e Edwin Epps (Michael Fassbender),
que, cada um à sua maneira, exploram
seus serviços.
REVISTA SPOTVIP
Animação 3D
Classificação indicativa: Livre
Rio 2
66
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
67
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
68
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
69
ABRIL 2014
Matricule-se já.
Na vida real, falar outro idioma não
pode ser improviso. É essencial dominar
o conhecimento da língua para que
você alcance seus objetivos pessoais
e profissionais.
Aprender um novo idioma representa uma
grande conquista. Para tanto, conte com a
PBF que, além de possuir método próprio
e exclusivo, ainda oferece o Cyber PBF,
plataforma virtual para praticar inglês ou
espanhol onde e quando quiser.
Lucio Mauro Filho
(16) 3524 7231
pbf.com.br
REVISTA SPOTVIP
70
ABRIL 2014
Independente do tamanho,
agora toda empresa pode ter
um plano São Francisco.
Livre e Essencial: os novos planos
de saúde mais acessíveis do mercado.
CONHEÇA OS
NOVOS PLANOS:
LIVRE E
ESSENCIAL.
Livre e Essencial são os novos planos de assistência médica
e odontológica da São Francisco. São excelentes planos para
sua empresa com um custo/benefício atraente. Com esses
lançamentos, além de oferecer uma estrutura completa,
a São Francisco Saúde também amplia a sua linha de produtos.
Agora, tem sempre um plano São Francisco Saúde que se encaixa,
perfeitamente, no tamanho da sua empresa. Ligue e saiba mais.
0800 777 9070
Você vai se surpreender com os preços reduzidos e a grande
www.saofrancisco.com.br
qualidade do Livre e do Essencial.
Responsável técnico: Dr. José Carlos Lucheti Barcelos CRM nº 81.223
REVISTA SPOTVIP
71
ABRIL 2014
REVISTA SPOTVIP
72
ABRIL 2014

Similar documents