Piloto português mais novo em monolugar

Comments

Transcription

Piloto português mais novo em monolugar
LUSO
Le journal bilingue des Portugais de Belgique
P.2:
GRATUIT
N°14 - le 20 novembre 2006
Socialistes
XVème Congrès: Motion
sur les communautés présentée par le PS/Benelux.
P.5:
Candidats
Duarte Ferreira
Les ex-candidats portugais aux élections communales ont dîné avec les
entrepreneurs portugais
P.6:
Piloto português mais
novo em monolugar
Fado
Mariza sublime au
Centre Culturel Wolibi.
P.7:
Peinture
Exposition de Sónia
Aniceto à l’Ambassade
du Portugal.
P.8:
Littérature
Rencontres autour de la
littérature portugaise à
Bruxelles.
P.10:
Messe
L’évêque auxiliaire de
Lisbonne à présidé à une
messe portugaise à Ste
Croix d’Ixelles.
Fun Club
O jovem Duarte Ferreira, com apenas 13 anos, é o piloto
português mais jovem em monolugar e foi convidado para
integrar a equipa do Benelux na Fórmula Renault.
2 Política
LusoJornal Bélgica
Edité par:
Aniki Communications
47 avenue de Stalingrad
94400 Vitry sur Seine - France
Et par:
Association pour la promotion
de la culture lusophone
en Belgique – APCLB, asbl
Rue du Champion, 5
1070 Anderlecht/Bruxelles - Belgique
Directeur de la publication:
Carlos Pereira
Directeur adjoint:
Paulo Carvalho
Comité éditorial:
Francisco Barradas, Sérgio Amaro,
Paulo Carvalho, Clara Teixeira
e Carlos Pereira
Collaborateurs:
Jacques Bourgaux,António Catalina,
Pedro Rupio, Manuel Martins
et Médhi Soares
Contact:
[email protected]
www.lusojornal.com
Distribution:
Portugalnet Consulting
Publicité:
APCLB, asbl
Tel : 0032 (0) 485 89 84 09
Les publicités sont de la responsabilité des annonceurs!
Impression:
Imprimerie NewsPrint Media
10.000 exemplaires
LusoJornal est un concept de
Aniki Communications.
LusoJornal est gratuit
Federação apresentou Moção sobre Comunidades
Delegação do Benelux no Congresso do PS
Uma delegação da Federação do
Benelux do Partido Socialista participou este mês no XV Congresso Nacional do PS, em Santarém.
Integraram essa delegação os delegados eleitos José Domingos e
Maria José Guerra da Bélgica,
Fausto Cardoso do Luxemburgo e
Avelino Neto da Holanda e ainda
por inerência José Alberto Alves
como Presidente da Federação e
Maria Helena André como membro da Comissão Política Nacional.
A Federação apresentou uma Moção ao Congresso intitulada «Valorizar as Comunidades portuguesas, desenvolver Portugal».
«O objectivo da presente Moção é
motivar o PS e o Governo socialista, para o papel relevante que
as Comunidades portuguesas devem ter, no projecto de mudança
para Portugal» começa por explicar o texto apresentado. «Atingir
este objectivo implica que as nossas Comunidades e os luso-descendentes, não sejam tratados
apenas como números, como potenciais votantes aquando das
eleições legislativas e presidenciais, ou ainda como contribuintes líquidos para o PIB, através das
remessas enviadas para Portugal».
«Existem mais 4,5 milhões de emigrantes portugueses espalhados
pelo mundo e sete milhões de luso-descendentes directos, com
menos de 30 anos. Até 2001, as
remessas dos emigrantes representavam 3% do PIB, para além de
representarem 15% dos turistas
que entram anualmente em Portugal. Constatamos ainda que contribuem para o desenvolvimento
do mercado imobiliário e da construção civil, ou para o aumento da
exportação de produtos portugueses, sempre que a oferta dos
mercados dos países de acolhimento o permitem, sendo ainda
consumidores da indústria da música e do entretenimento».
Os dirigentes da Federação do
PS/Benelux propõem então «um
maior esforço e um maior investimento na qualidade das medidas,
destinadas a tornar mais eficazes,
a prestação de serviços e o apoio
Abonnement
✁
✓Oui, je veux recevoir chez moi,
❏
10 numéros de LusoJornal (20 euros).
Mon nom et adresse complète (j’écris bien lisible)
Nom
Prénom
Adresse:
Code
Ville
Tel. :
Ma date de naissance:
J’envois ce coupon-réponse avec un chèque de 20 euros à l’ordre de
l’APCLB, à l’adresse suivante :
Association pour la promotion de la culture lusophone en
Belgique – APCLB, asbl
Rue du Champion, 5 - 1070 Anderlecht - Bruxelles
Lusa - Paulo Novais
Fiche technique
■ José Sócrates no XV Congresso do PS, em Santarém
às comunidades, nomeadamente
através da aceleração do processo
de modernização dos serviços
consulares; desenvolver o uso das
TIC com vista à realização de
actos consulares; de uma maior
assistência aos portuguese(a)s,
vítimas de exploração ao nível do
mercado de trabalho e que necessitem de apoio consultar; um
apoio efectivo ao movimento associativo, uma vez aferidos os
necessários critérios de representatividade das mesmas, dado o
papel fundamental que desempenham, junto das comunidades
portuguesas».
Propõem também «um reforço
das medidas que visem incrementar o ensino da Língua Portuguesa
e a divulgação cultural, nomeadamente através de uma maior aposta na qualidade e acessibilidade,
ao ensino da língua e cultura portuguesas, tanto ao nível público
como pela parte de iniciativas privadas ou associativas; da aposta
na formação e do apoio aos professores; de uma maior coordenação de esforços e de meios das
instituições públicas competentes nesta matéria, devendo o Instituto Camões passar a ter um
papel primordial na divulgação
da língua e cultura; do reconhecimento curricular da língua portuguesa nos sistemas de ensino dos
países de acolhimento; a melhoria
da qualidade das emissões da
RTP-i e da RDP-i».
No texto apresentado pelos socialistas pode ler-se ainda propostas
em prol das novas gerações, medidas de apoio social, aos idosos
mais carenciados, a contagem de
tempo do serviço militar para
efeitos de reforma, a recolha de
dados estatísticos que permitam
conhecer melhor as Comunidades, dotar o Conselho das Comunidades Portuguesas das condições, que lhe permitam realizar
de forma eficaz a sua função de
órgão consultivo.
Na sua Moção, os socialistas do
Benelux teceram fortes críticas
ao Departamento de Comunidades do partido. «Actualmente,
existe uma total ausência de ligação e de comunicação entre o
Partido e as suas estruturas no
estrangeiro. Sabemos da existência de um Departamento das Comunidades, mas desconhecemos
as suas competências ou o seu
programa. Até hoje não fomos
contactados por esse mesmo
departamento» diz o texto assinado por José Alberto Alves.
Durante o Congresso, os delegados de vários países solicitaram
uma reunião urgente sobre este
assunto. José Lello, o responsável
pelas relações internacionais não
esteve presente, mas participou a
Deputada Maria Carrilho (eleita
pelo círculo eleitoral da Europa)
e Paulo Pisco, o responsável pelo
Departamento Comunidades.
Paulo Pisco prometeu mudanças
no relacionamento com as Secções e as Federações socialistas
no estrangeiro.
■
Carlos Pereira
Rádio Voz de
Portugal
Ouça a rádio que fala de si.
Sábado, das 12h00 às 13h00, em
FM 101,9
Domingo, das 9h00 às 11h00, em
FM 87,7
Segunda,das 19h00 às 20h00,em
FM 101,9
4 Eventos
AXA Banque & Saint-Mirande
Rue de la Mutualité 51/53
1190 Bruxelles
Tel: 02.374.04.04
Quinzaine
gastronomique
portugaise
Região demarcada do Douro
exposta em Bruxelas
A sede da Comissão Europeia, em
Bruxelas, acolhe até dia 24 de
Novembro uma exposição fotográfica sobre o vinho do Porto e o
Douro, inserida na comemoração
dos 250 anos daquela região
demarcada.
A exposição «Fotografia no Douro: Arqueologia e Modernidade»
mostra uma panorâmica dos mais
representativos fotógrafos do
Douro, portugueses e estrangeiros, e inclui imagens captadas desde 1840 até à actualidade.
Na inauguração da exposição
esteve presente o Presidente da
Comissão Europeia, Durão Barroso, bem como os Eurodeputados
eleitos pelo círculo do Porto Elisa
Ferreira (PS) e Silva Peneda (PSD),
entre outras personalidades.
«É um grande prazer visitar esta
exposição», disse José Manuel Durão Barroso. «Ainda hoje me lembro do cheiro a mosto, quando se
pisam as uvas, que faz parte da
tradição portuguesa», referiu. O
Chefe do executivo de Bruxelas
aludiu às raízes que a família da
sua mulher e a sua têm nas zonas
de Armamar e de Peso da Régua.
«No âmbito europeu, temos feito
o máximo para salvaguardar estas
tradições», adiantou também.
La Chambre de Commerce du
Portugal organise sa traditionnelle Quinzaine gastronomique portugaise, «un petit parcours gastronomique, pour mieux faire connaître et apprécier la cuisine portugaise» expliquent les organisateurs. «Cette année, nous avons
choisi un parcours triangulaire
dans les régions de Lisbonne et
du Centre du Portugal.
LusoJornal - Sérgio Amaro
Pedro de Miranda vai abrir brevemente uma agência do banco
AXA, na rue de la Mutualité, em
Bruxelas. «Estamos apenas a terminar as obras que fizemos e dentro de dias estará tudo a funcionar» disse ao LusoJornal.
«Como eu sou português, quero
ter um cuidado especial com a
clientela portuguesa» disse Pedro
de Miranda. «E os clientes portugueses têm bastantes vantagens
porque lhes propomos ao mesmo
tempo um serviço bancário e um
serviço de seguro, tanto em França, como em Portugal». Este é um
dos pontos inovadores que Pedro
de Miranda quer desenvolver.
«Hoje não faz sentido que os portugueses que residem na Bélgica
tenham de ter um segurador na
Bélgica e outro em Portugal. Eles
moram na Bélgica e têm de contactar com o segurador que está
em Portugal e isso tem levantado
vários problemas. Nós temos a
solução porque, a partir de Bruxelas, seguramos o cliente e os
seus bens, tanto na Bélgica, como
em Portugal».
Em 2001 foi criado o AXA Bank
Belgium, com a compra de dois
outros bancos: o ANHYP e o IPA.
De imediato, tornou-se o líder no
crédito para habitação, tanto em
2004, como em 2005. Como projecto piloto é positivo, o Grupo
AXA tenciona alargar esta experiência tanto à França como ao
Luxemburgo.
Pedro de Miranda mostra contentamento por integrar um grande
grupo, com cerca de 5.700 empregados na Bélgica e cerca de 3
milhões de clientes.
Durante o ano 2007 Pedro de Miranda tenciona alargar o seu mercado ao Luxemburgo onde também quer abrir uma agência.
Por enquanto, para além da agência bancária, tem também uma
mediadora de seguros com escritórios em Bruxelas e em Waterloo.
Com uma larga experiência neste
dominio, este será certamente
mais um projecto ganho para Pedro de Miranda.
Evocando os 250 anos da Região Demarcada
■ Aspecto geral da inauguração da exposição
Com a apresentação desta mostra
em Bruxelas, Durão Barroso disse
ainda que se pretende «homenagear aqueles que, salvaguardando
as tradições, querem proteger o
futuro do Douro». Por seu lado, o
organizador da mostra, Fernando
Bianchi de Aguiar, relembrou que
o Douro foi «uma das primeiras
regiões demarcadas do mundo».
«Comemorar 250 anos da região é
homenagear uns que com o seu
trabalho e outros de forma institucional permitiram que o Douro
tenha sustentabilidade económica», disse ainda.
Na inauguração da exposição foi
servido um Porto d'Honra acompanhado por chocolate belga.
■
Vinhos portugueses
em destaque na Megavino’2006
DR
Pedro de Miranda
com nova agência
bancária
■ Aspecto geral do stand português na Magavino
Como já se noticiou na última edição do LusoJornal, Portugal foi o
país convidado de honra na Megavino deste ano. Este facto permitiu uma localização muito boa,
logo à entrada do Pavilhão, sendo
impossível não se dar pelos vinhos portugueses, e além disso,
beneficiou de uma vasta campanha de divulgação na imprensa
tanto francófona como flamenga,
com cerca de 45 artigos publicados, além das intervenções na
Rádio e na Televisão.
No stand nacional, organizado
pelo Icep Bruxelas, participaram
23 empresas, das quais 6 produtores vindos de Portugal, sendo os
restantes importadores já estabelecidos no mercado. Além das
empresas de vinho, esteve também a Corticeira Amorim, com as
rolhas de cortiça, produto muito
associado ao vinho, e que sofre
desde há alguns anos a forte
concorrência das rolhas de plástico, suportada por uma dispendiosa campanha de marketing.
Fora do stand nacional, pudemos
contar também com a presença
de 15 produtores do Alentejo em
stand individualizado, ao lado do
stand de Portugal, e mais quatro
expositores com vinhos de Portugal devidamente identificados.
Durante os quatro dias da feira,
realizámos várias provas de vinho
comentadas pelos jornalistas e
escanções presentes.
Assinalamos o grande sucesso
alcançado pelo pequeno restaurante português gerido por uma
parceria entre a Escola de Hotelaria do Fundão e a Ceria de
Bruxelas.
A maior parte dos expositores
gostaram da participação nesta
feira e muitos já manifestaram a
intenção de participar em futuras
acções de divulgação e promoção
dos nossos vinhos e da nossa gastronomia.
Pensamos que os objectivos da
feira foram conseguidos: muitos
contactos novos com eventuais
importadores e distribuídores,
deslocação ao mercado de empresas que nunca tinham vindo à
Bélgica e que irão agendar novas
acções, representação de Portugal
com uma forma muito digna e
esteticamente interessante.
Os produtores não podem pensar
que uma feira é suficiente para
conquistar o mercado; de modo
nenhum. A feira pode ser o começo da conquista do mercado: a
partir daqui é necessário reforçar
os contactos feitos, enviar amostras, insistir, aparecer, definir um
plano de marketing e de promoção com o importador, etc., etc..
O Icep pode apoiar e facilitar, mas
a venda do produto cabe ao produtor/exportador.
■ Élia Rodrigues
Delegada do Icep em Bruxelas
Le mardi 21 novembre, un
dîner à 19h30, au restaurant Marquês de Pombal (517, Chée de
Bruxelles à Waterloo), avec un
menu
«Lisbonne»comprenant:
Porto Blanc, Rissóis de camarões
(beignets aux crevettes) et rissóis
de carne (beignets de viande),Vin
blanc JP Bacalhôa (Azeitão),
Frango na pùcara (poulet à
l’étouffée), Vin rouge JP Bacalhôa
(Azeitão) et Tarte aux amandes.
Le mardi 28 novembre, un
déjeuner à 12h30, au restaurant
Heróis do Mar (102 Bvd Brand
Whitlock, à Woluwé St. Lambert),
avec un menu «Sesimbra» comprenant: Vinho verde Quinta da Aveleda, Bisque de crustacés, Dorade
Royale grillée, petits légumes,
pommes vapeur, Crème brûlée et
Café ou thé.
Le vendredi 1er décembre, un
dîner à 19h30, au restaurant Ste
Anne (85, Chée de Tervuren, 1160
Bruxelles) avec un menu «Bairrada» comprenant: Moscatel de Favaios, Amuse-bouches, Saumon fumé sur toast vin blanc Capataz –
Vieira de Cima, Leitão assado (cochon de lait au four), pommes rissolées, salade verte vin rouge Capataz – Vieira de Cima, Pastéis de
nata (petits gâteaux à la créme) et
torta de laranja (gâteau à l’orange), Café. Avec accompagnement
de fados.
«Il n’est pas interdit de s’inscrire
aux trois étapes… Ni de s’inscrire
avec des amis» disent avec
humour les dirigeants de la
Chambre de Commerce du
Portugal. «Les inscriptions sont
reçues jusqu’à trois jours avant
l’événement».
Chambre de Commerce du
Portugal
Rue Blanche 15
1050 Bruxelles
Tel:02/2308323 Fax:02/2306866
E-mail:[email protected]
Comunidade 5
Dois alunos portugueses incluem-se
entre os vencedores do «Prémio Desenvolvimento para Jovens 2006»,
subordinado ao tema África, que foi
entregue na semana passada pelo
Comissário europeu para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária,
Louis Michel. João Campos, da
Escola Secundária Jaime Cortesão
(Coimbra), e Cláudia G., da Secundária Dr. António Granjo (Chaves),
foram os estudantes seleccionados
pelo júri português.
Os dois alunos concorreram com
trabalhos em «powerpoint», o primeiro com o título «Une Europe
unie pour une Afrique réussie» e a
segunda com «Um sonho para um
milhão de sonhadores».
Os vencedores nacionais foram
seleccionados de entre mais de 751
participações, representando escolas de todos os países membros da
UE. O vencedor, o seu professor e o
segundo classificado de cada país
foram convidados a deslocar-se a
Bruxelas entre 12 e 14 de Novembro, para participar nos Dias Europeus do Desenvolvimento. Os alunos vencedores e os respectivos
professores serão convidados a
acompanhar o comissário Louis
Michel numa visita a um país africano, na Primavera de 2007.
Consulte:
www.lusojornal.com
Organizado pela Associação dos Empresários Portugueses
Bazar de Natal
Candidatos às Comunais jantam em Bruxelas
LusoJornal
Portugueses recebem prémio
Desenvolvimento
para Jovens
■ Jantar dos ex-Candidatos às eleições municipais
A Associação dos Empresários
Portugueses na Bélgica (AEPB)
promoveu no passado dia 10 de
Novembro, um jantar de «confraternização e apoio à continuidade» com candidatos portugueses às recentes eleições comunais, «os corajosos portugueses
que este ano decidiram engrandecer o nome de Portugal no seio
da Comunidade belga».
Nestas eleições, os Candidatos
portugueses que se apresentaram
às eleições comunais, conseguiram ultrapassar todos os recordes
anteriores tanto em número de
candidaturas como em votos
recolhidos. Como anunciado na
última edição do LusoJornal, foram mesmo eleitos dois Portugueses para o lugar de Conselheiros
comunais.
Geraldo Bessa de Oliveira, Presidente da associação AEPB mani-
festou o interesse na continuidade e deseja colaborar com todos os candidatos no sentido de
não deixar que esta experiência
não atinja os seus objectivos. «O
intuito é que esta iniciativa não
fique por aqui, como tantas
outras, mas que se fixem desde já
objectivos e projectos futuros.
Penso que se estivermos todos no
mesmo barco independentemente da opção política, poderemos
ir muito longe. Por vezes os grandes projectos vêm do nada, começam por ser muito pequenos e
depois conseguem-se coisas que
ninguém esperava. Acontece isso
com grandes empresários e empresas que hoje estão no mercado».
A ideia de reunir todos os candidatos nasceu do vice-Presidente
da AEPB, Paulo Carvalho que
explica que «este jantar pode
marcar uma geração, penso que
um dos grandes problema da
Comunidade é a falta de diálogo,
o poder de iniciativa, o confronto
de ideias, a união... Temos medo
de participar mas depois damos o
máximo e conseguimos mesmo
ser melhores que todos os outros»
disse na sua intervenção. «O resultado deste jantar deixou-me
muito feliz. Fiquei com pena que
não estivessem presentes todos
os candidatos, mas alguns não
conseguimos os contactos a tempo, outros residem longe e tendo
sido o jantar programado para um
dia de semana seria quase impossível conseguir a presença de
todos».
Paulo Carvalho adiantou ainda
que «por vezes o objectivo financeiro das coisas não é tudo na
vida... perdemos algum tempo a
organizar este jantar, mas fiquei
agradecido pelos telefonemas
que tive no dia seguinte de ausentes e participantes a darem os
parabéns pela iniciativa, para mim
estas coisas não tem preço».
Todos os candidatos presentes
explicaram neste encontro, o porquê da sua candidatura e os projectos que têm em mente. A opinião unânime, embora houvessem
candidatos de várias cores partidárias, foi de que era necessário
«mais participação activa da Comunidade, integração, deixarmos
de ter medo e confiarmos nos
nossos potenciais, e ainda mais
importante convencer as novas
gerações a investirem também
neste domínio, porque afinal são
eles o futuro da nossa comunidade».
O LusoJornal tem dado a sua
contribuição.
■
A associação Femmes d’Europe
aisbl organiza no próximo dia 25 de
Novembro, mais um Bazar de Natal,
que contará com a presença de um
stand do Grupo português, presidido por Nelly Monteiro Castelo.
O Bazar será inaugurado às 10H00
pela Presidente de Honra,
Margarida Barroso, e prolonga-se
até às 18h00. Durante o dia haverá
artesanato, decorações de Natal,
brocante, jogos e livros para crianças, cerâmicas e um espaço de restauração e provas de produtos gastronómicos.
«Cada ano, vários projectos na área
social são financiados em Portugal
pela Associação Femmes d'Europe
por um montante de 13.000 euros»
explicou ao LusoJornal Nelly
Monteiro Castelo.
Bazar de Natal
Association Femmes d’Europe
25 de Novembro
Espace Beaulieu
5 ave de Beaulieu
1160 Bruxelles
6 Cultura
ssfl VlaanderenLusitânia
Depois do sucesso da noite do
fado, da festa de São Martinho e
do concerto da cantora portuguesa Dina Rodrigues, em Roeselare,
a associação ssfl VlaanderenLusitânia anuncia para dia 2 de
Dezembro, uma prova dos vinhos
alentejanos na Casa Videira. Vai
ser, certamente, mais um sucesso!
www.vlaanderen-lusitania.com
Naples-Lisbonne,
un voyage
d’émotions
Concert de fado avec Odília Henriques et de chansons napolitaines avec Patrizia De Sena, le
samedi 25 novembre à 20h00 et
le dimanche 26 à 15h00, à la salle
Bouche à Oreille, rue Félix Hap
11 – 1040 Bruxelles. (Voir dernière édition de LusoJornal).
Grande noite para a fadista Mariza em Wolibi
Com a sala do Centro Cultural
Wolibi esgotada e com o seu
estilo muito próprio, a fadista
Mariza encantou a assistência em
grande parte composta por um
público belga que a segue desde
há algum tempo.
A participação do público português foi também notada, facto
que deixou a artista muito contente. Durante o espectáculo tentou falar sempre nas duas línguas
o que foi de agrado do público
geral, e pediu desculpa pelo seu
francês, o que em nosso entender
foi suficiente para que o público a
compreendesse.
Um espectáculo pensado ao mais
ínfimo pormenor, desde a coreografia, às luzes, aos timings, a participação do público tudo estava
pensado e muito bem programado. A ligação entre o público e a
artista foi perfeita, o que mais
uma vez prova que a cultura é
uma linguagem universal.
Ao fim de mais de uma hora de
espectáculo, devido ao entusiasmo do público, que se negava
a arredar o pé da sala, aplaudindo
de pé e pedindo bis, a artista teve
que voltar por duas vezes ao palco.
No fim do espectáculo agradeceu
mais uma vez o acolhimento do
público.
Mariza afirmou ainda ao LusoJor-
Lusa - Carmo Correia
O compositor português João
Pedro Oliveira obteve o primeiro
prémio no concurso internacional de composição Metamorphoses, na Bélgica, com a obra «Et
igni Involvens».
O concurso, de realização bienal
e destinado a obras electroacústicas, é um dos mais prestigiados
internacionalmente. Para a primeira eliminatória foram escolhidas seis obras, executadas em
concerto a 19 de Outubro último. «Et igni Involvens» mereceu a
preferência de um júri composto
por Patrick Ascione, Francis
Dhomont, Jonty Harrison, Philippe Mion e Hans Tuschku. A obra
será agora editada em CD pela
Fundação Musiques-Recherches,
a organizadora do concurso.
Com uma outra obra, «Espiral de
luz», para quarteto de cordas,
Pedro Oliveira foi finalista, no
mês passado, do concurso internacional de composição das edições musicais Taukay, realizado
em Itália.
Nascido em 1959, João Pedro Oliveira estudou composição, órgão
e arquitectura em Lisboa. Entre
1985 e 1990, com uma bolsa da
Fundação Gulbenkian e da Comissão Cultural Luso-Americana,
concluiu nos Estados Unidos dois
mestrados e um doutoramento
em Música.
Nos cerca de 20 anos de carreira,
obteve mais de 20 prémios nacionais e estrangeiros em concursos
de composição, entre os quais o
Prémios Joly Braga Santos e Lopes-Graça, Música Nova (Praga),
Alea III (Boston) e Earplay (São
Francisco).
João Pedro Oliveira é professor
catedrático na Universidade de
Aveiro, onde ensina Composição,
Análise e Música Electroacústica.
Mariza pode vir cantar no Forest National…
■ Mariza encantou o seu público
nal, que «foi com grande surpresa
que viu tantos portugueses na
sala». Não porque não goste do
público português, antes pelo
contrário, afirma mesmo que
considera que os emigrantes portugueses são os verdadeiros embaixadores de Portugal, mas sim
porque normalmente as suas
tournées pelo estrangeiro e a promoção dos seus espectáculos são
organizadas e divulgadas por pro-
motores estrangeiros.
São eventos de grande envergadura onde a promoção e organização é sempre entregue a promotores que por norma organizam
este tipo de eventos, que têm
contactos com empresas dos próprios países e que utilizam os
meios de promoção segundo os
seus objectivos, «nada que eu possa mudar para que mais portugueses tenham acesso à informação
sobre os espectáculos. Mas quando encontro portugueses nos
meus espectáculos pelo estrangeiro fico muito contente».
Mariza agradeceu ainda ao LusoJornal a campanha que fez na promoção deste espectáculo e da sua
tournée na Bélgica.
Empresários patrocinam
disco de Mamano
Segundo palavras de uma das promotoras do evento «houve de
facto muitos telefonemas de leitores do LusoJornal, mas com pena
nossa muitos deles já não conseguiram bilhetes».
O empresário João Pedro comentou ainda que este espectáculo
em Bruxelas não era para ser
organizado nesta tournée, «estamos a pensar fazer no próximo
ano um grande espectáculo numa
grande sala aqui em Bruxelas,
Forest National ou Cirque Royal,
nada ainda está certo». Confrontada com a pergunta se sempre
podíamos esperar por ela no
Forest National no próximo ano,
Mariza sorridente respondeu «não
sei, não sei». Afinal, o segredo é a
alma do negócio.
Sobre novos trabalhos, Mariza
normalmente tenta fazer um
álbum de dois em dois anos, desta
vez foge um pouco à «normalidade», porque no próximo mês
vai lançar um CD/DVD «Concerto
em Lisboa». Gravado no ano passado no Jardim da Torre de Belém,
com uma assistência de 25.000
pessoas e com um público de idades variadas. Este projecto nasceu
do facto de muitas vezes ser confrontada com a pergunta «porquê
um Live in London e não um Live
in Lisbon»?
No final da entrevista, Mariza
ainda teve alguns minutos para
falar em crioulo com um artista
bem conhecido da Comunidade,
Mamano.
■
Paulo Carvalho
www.lusojornal.com
LusoJornal - Paulo Carvalho
João Pedro Oliveira
ganha Prémio
internacional de
composição na
Bélgica
■ Mamano com os empresários Domingos e Ana Tomé
Domingos e Ana Tomé,proprietários
da empresa Euro Novo Domingos,
patrocinaram o novo álbum «Nostalgia» do cantor Mamano.
«Quando chegamos a uma certa
idade começamos a deixar de acreditar no Pai Natal». Esta foi uma
confissão do LusoJornal do cantor,
compositor e artista plástico Germano de Sousa, mais conhecido por
Mamano. «Quando há uns meses
atrás fui contactado pelo LusoJornal
e pelo Portugalnet, dizendo que me
iam ajudar a conseguir encontrar
um patrocinador para o CD que
trago na mala há muitos meses, pensei que seria brincadeira.Tenho noção, que hoje em dia até pelas dificuldades da vida que eu mesmo, na
qualidade de artista, estou a passar,
não é assim tão fácil arranjar as
quantias exigidas para a gravação de
um disco, que comporta a nível
geral um montante de mais de 3.000
euros».
E Mamano confirma. «Afinal estava
errado, através do LusoJornal, recebi
um telefonema que nem estava a
acreditar. O casal Tomé pediu-me
para me deslocar ao escritório da
Euro Novo Domingos porque estavam interessados em analisar o meu
projecto. Cinco dias depois tinha a
confirmação que me iam financiar
na totalidade a gravação do CD».
Mamano está na Bélgica há mais de
30 anos e «confesso que os meus
espectáculos eram mais direccionados para a Comunidade belga. Só há
mais ou menos 4 anos quando
conheci o Portugalnet é que comecei a actuar em locais portugueses.
Estou muito contente por isso e
quero aproveitar a oportunidade
que o LusoJornal me deu para agradecer o carinho que recebo de toda
a Comunidade portuguesa na Bélgica, à empresa Euro Novo Domingos pelo apoio e confiança no meu
projecto. Quero também desejar a
todos os Portugueses espalhados
pelo mundo um Feliz Natal».
O lançamento do CD «Nostalgia»
está previsto para o mês de Dezembro.
■ Paulo Carvalho
Cultura 7
Artiste née à Lisbonne mais vit à Bruxelles
La salle Damião de Góis à l’Ambassade du Portugal à Bruxelles va
accueillir à partir du 5 décembre
prochain une exposition intitulée
«Une absence très peuplée» de l’artiste portugaise installée à Bruxelles, Sónia Aniceto.
Cette exposition s’inscrit suite à
un travail que Sónia Aniceto est en
train de développer ces dernières
années, en exploitant la capacité
de représentation de la mémoire
personnelle et des atmosphères
d’un passé récent, à travers des
techniques aussi complémentaires
que la peinture et la broderie artisanale. C’est pourquoi «Une absence très peuplée» suggère au visiteur un voyage dans un univers
sensible et plein d’ambiguïté de
l’artiste, hésitant entre présence et
absence, mémoire et imagination,
réalité et fantaisie, innocence et
perversité.
«Pour caractériser la thématique et
l’abordage intrinsèque de la peinture de Sónia Aniceto il faut d’avoir
recours à des désignations riches
en contenu notamment, et des
mots comme l’Intemporalité et le
Temps», a écrit João Baltazar. «L’utilisation des moyens rares d’expression plastique dotent à ses œuvres
une volumétrie appétissante au
toucher, traduisant des différences
dans les plans et dans les objets et
créant une profondeur compréhensible à l’âme de son expression. L’utilisation de matériels et
DR
Exposition de Sónia Aniceto à l’Ambassade du Portugal
■ Le Bureau de Sónia Aniceto
des techniques traditionnellement
originaires de l’univers féminin
enrichissent aussi la rareté des
milieux de sa condition plastique».
Sónia Aniceto est née en 1976, à
Lisbonne, mais elle vit et travaille à
Bruxelles. Diplomée de peinture
par la Faculté de Beaux Arts de
Lisbonne, elle a obtenu une bourse
Erasmus en 2000 afin d’étudier
pendant 4 mois à l’Académie de
Beaux Arts à Bruxelles, dans l’atelier de tapisserie. Elle s’installe
alors à partir de ce moment-là dans
la capitale européenne, conservant
cependant son atelier à Lisbonne.
Elle a obtenu une résidence au
Centre Culturel Depianofabriek en
2001 et elle a fréquenté les séminaires en théorie d’art dans l’Aca-
démie de beaux Arts à Bruxelles.
Elle a travaillé plusieurs années
dans les ateliers de scénographie,
de l’Opéra Real «La Monnaie», où
elle a contacté régulièrement des
grands noms internationaux de la
scénographie, de la mise en scène
et de la chorégraphie. Encore récemment elle a fait la création de
la scénographie du spectacle
«Gradiva» de Delphine Bertrand et
Louise Vanneste, mis en scène par
Manu Mathieu et Laurence Warin
dans le Théâtre de la Vie, à
Bruxelles.
Avec une agrégation officielle de
professeur d’arts plastiques, en ce
moment elle est professeur de dessin et d’arts plastiques.
Sónia Aniceto a déjà fait plusieurs
expositions individuelles, à Bruxelles, Lisbonne (où elle va d’ailleurs
exposer l’année prochaine, dans la
galerie ‘Novo Século’, Braga, Famalicão, et bien d’autres encore. Elle a
aussi participé à plusieurs expositions collectives, essentiellement à
Bruxelles et Lisbonne.
■
Carlos Pereira
Ambassade du Portugal
Avenue de la Toison d’Or, 55
Du lundi au vendredi, de 9h30 à
13h00 et de 14h00 à 16h30
Une absence
très peuplée
Prenez une toile, enduisez-la
d’huile et de pigments et mettezy beaucoup de cœur. Vous
obtiendrez une peinture classique. Ajoutez-y plus au moins de
génie. Pour la pluspart des artistes, ça s’arrête là. Mais si vous
êtes une femme, vous vous souvenez que Pénélope a joué avec
sa toile, qu’elle a filé vers le créatif. Les Parques aussi filaient.
Pour peupler une absence? Pour
manipuler ou recréer en tout
cas. Enfilez donc votre aiguille,
celle d’une machine à coudre de
préférence – modernité oblige –
et vous battez, vous fouettez,
vous bondissez, vous parcourez,
vous arrosez copieusement, furieusement peut-être, jusqu’à ce
que la suite filandreuse convienne.
Pour le bouquet final, ajoutez un
soupçon d’aromates portugais –
saudade de préférence –, assaisonné à la sauce belge, un brin
francophile, gratiné à la flamande. Laissez reposer une heure si vous en avez encore le
temps, puis servez chaud pour la
galerie.
La recette vient de Sónia Aniceto. Retenez ce nom et ne perdez pas le fil de ses idées. Elles
feront tache d’huile.
■
Jean-Paul Chemin
8 Cultura
Rencontres autour
de la Langue
Portugaise
Programme
Le 22 novembre à 18h00: conférence avec Agostinho da silva,
pensador do mundo a haver et
Paulo Borges, professeur à l’université de Lisbonne.
Le 26 novembre à 12h00: Rencontre avec le poète portugais et
professeur de théologie biblique
à l’Université catholique de
Lisbonne: José Tolentino Mendonça, avec des lectures des textes
en portugais, français et néerlandais.
Le 27 novembre à 14h30: ‘du
Romantisme au Réalisme dans la
culture et dans la littérature portugaise’. Et à 18h00:‘la Littérature
et Cinéma’ avec des dialogues autour de ‘Le rivage des murmures’.
Avec Lidia Jorge (auteur de nombreux romans et qui a enseigné à
Lisbonne et en Afrique) et Margarida Cardoso qui a vécu au Mozambique pendant la guerre coloniale, son premier film-documentaire ‘Dois Dragões’ date de 1996.
Le 28 novembre à 14h00: ‘Littérature et Cinéma’ avec des dialogues autour de ‘Le Rivage des
Murmures’. A 16h00: conférenceFilmischeadaptatie:
magische
roof of intermediale ontmoeting?
Peter Kravanja (docent Master in
Filmstudies en Beeldwetuur, Universiteit Antwerpen).
Le 29 novembre à 10h15: Rencontre de professeurs de portugais avec la conférence: Littérature et Enseignement, avec Carlos
Reis (professeur à l’Université de
Coimbra, et auteur de nombreux
essais consacrés à la Théorie
Littéraire et à la Littérature Portugaise Moderne et Contemporaine). Et à 19h15 Dialogue avec
Carlos Reis et Lidia Jorge à propos de la projection du film ‘A
costa dos murmúrios’ de Margarida Cardoso.
Le 30 novembre à 16h30, le
‘Récit post-colonial en Angola et
au Mozambique’ par Maria Fernanda Afonso, docteur en littératures Africaines à l’Université de
Bordeaux 3 et qui a été aussi lectrice de Portugais à Bruxelles.
Avenue de la Toison d’Or, 55
1060 Bruxelles
Tel: 02 533 07 00
Capital europeia
da Cultura
A Ministra da Cultura, Isabel Pires
de Lima, veio a Bruxelas no passado dia 13 de Novembro apresentar oficialmente a candidatura
de Guimarães a Cidade Europeia
da Cultura 2012, na reunião com
os seus homólogos da União
Europeia.
Um grupo de trabalho a nomear
até ao final do ano em Portugal
vai elaborar um relatório/proposta contendo as linhas estratégicas que constarão da candidatura formal de Guimarães.
A candidatura formal de Guimarães só será apresentada em
2008.
Organisées par l’Ambassade et l’Institut Camões
Rencontres autour de la langue portugaise
en littératures Africaines à l’Université de Bordeaux 3 et qui a été
aussi lectrice de Portugais à Bruxelles.
Rencontre avec le poète portugais et professeur de théologie
biblique à l’Université catholique
de Lisbonne: José Tolentino Mendonça, avec des lectures des textes en portugais, français et néerlandais.
Rencontre également de professeurs de portugais avec la conférence: Littérature et Enseignement, avec Carlos Reis (professeur à l’Université de Coimbra,
et auteur de nombreux essais
consacrés à la Théorie Littéraire
et à la Littérature Portugaise
Moderne et Contemporaine).
Des leçons sont au programme,
comme: «du Romantisme au Réalisme dans la culture et dans la littérature portugaise», ou encore de
«la Littérature et Cinéma» avec
des dialogues autour de «Le rivage
des murmures». Un dialogue entre
Carlos Reis et Lidia Jorge (auteur
de nombreux romans et qui a
enseigné à Lisbonne et en Afrique), à propos de la projection du
film «A costa dos murmúrios» de
Margarida Cardoso aura lieu le 29
novembre au Théâtre Poème. Margarida Cardoso a vécu au Mozambique pendant la guerre coloniale, son premier film-documentaire «Dois Dragões» date de
1996.
L’Ambassade du Portugal à Bruxelles et l’Institut Camões organisent du 22 au 30 novembre prochains, des «Rencontres autour de
la Langue Portugaise».
Diverses conférences, sessions et
différents débats auront lieu au
long de ces journées. Agostinho
da Silva, pensador do mundo a
haver, Paulo Borges, professeur à
l’université de Lisbonne ou
encore le «Récit post-colonial en
Angola et au Mozambique» par
Maria Fernanda Afonso, docteur
■
Clara Teixeira
Actividades da
Livraria Orfeu
No quadro dos encontros com a
Língua Portuguesa, numa organização do Instituto Camões (e seus
leitorados) e da Embaixada de
Portugal, cujo programa será
anunciado brevemente, o LusoJornal destaca:
Dia 22 de Novembro, quartafeira, 18 horas (na Orfeu) – Agostinho da Silva, pensador do mundo a haver, por Paulo Borges, professor universitário de filosofia e
representante de Portugal nas
Comemorações do Centenário de
Agostinho da Silva.
Dia 2 de Dezembro, sábado – O
paquete Santa Maria, em 22 de
Janeiro de 1961, é desviado por
portugueses e galegos oposicionistas às ditaduras dos dois países
ibéricos, comandados por Henrique Galvão. O Embaixador dos
Estados Unidos diz: «é um acto
político e não de pirataria». Projecção do documentário Santa
Liberdade, de Margarita Ledo,
com legendas em francês.
Dia 9 de Dezembro, sábado, às
18 horas – As Preocupações Simples de Alexandre Saldanha da
Gama vão ser-nos apresentadas
pelo autor. Artista plástico, também, há poucos meses organizou
a não-exposição Le Vide no seu
atelier (totalmente vazio). Na sua
juventude apurada, Saldanha da
Gama apresenta-nos uma obra
atraente, ousada e divertida.
Dia 16 de Dezembro, sábado, às
18 horas – Natal com os Amigos
d'Orfeu. Entre a literatura, o bolorei do Garcia e um Porto, far-se-á o
habitual sorteio de uma viagem
B r u x e l a s - Po r t o / L i s b o a / Fa r o ,
oferta da TAP.
10 Sociedade
Flagey do Brasil
Celso Fonseca
Vendredi 24 novembre, 20h15
Studio 4
Avec Celso Fonseca (guitare,
voix), Jorge Barreto (claviers),
Gustavo Delligerisi (contrebasse)
et Alexandre Fonseca (batterie)
Senhor empresário
tenha confiança
no LusoJornal
0485 89 84 09
António Catalina
Bispo auxiliar de Lisboa
Criador de pombos correios
LusoJornal - José Lopes
Le chanteur brésilien Celso Fonseca sera le 24 novembre à Flagey
pour un concert de présentation
de son nouvel album «Rive gauche Rio».
Mélancolie, rêve, soleil et sensualité sont les mots qui viennent
immédiatement à l’esprit lorsque
l’on parle de Celso Fonseca, cet
instrumentiste, compositeur et
producteur brésilien. Au programme: des reprises et des compositions fluides écrites dans l'esprit des âges d'or tant de la musique du Brésil que du Paris-rive
gauche auxquels Celso Fonseca
fait allusion dans le titre de son
album.
Dans «Natural», le premier de ses
albums sorti en Europe, le guitariste brésilien faisait le choix du
dépouillement et de la simplicité
pour revenir aux racines profondes de la bossa nova. «Rive gauche Rio» continue dans cette
lignée avec une instrumentation
plus riche. Le résultat est une
musique formidablement chaleureuse dominée par la voix sensuelle et la superbe guitare du
musicien.
Surnommé le guitariste de Gil
(Gilberto Gil) pour ses nombreuses collaborations avec le maître,
il a composé des chansons et
joué avec quelques-uns des plus
grands musiciens de son pays,
parmi ceux-ci: Caetano Veloso,
Gal Costa, Marisa Monte, Bebel
Gilberto, Milton Nascimiento,
Maria Bethania et aussi Carlos
Santana.
Malgré ses quatre albums solos et
sa nomination au Latin Grammy
Awards de 2002 pour «Juventude», un album réalisé en duo avec
Ronaldo Bastos, Celso Fonseca a
quand même été pendant longtemps l’un des secrets musicaux
les mieux gardé du Brésil. Maintenant qu’il effectue une tournée
au Japon, aux Etats-Unis et en
Europe dans le cadre de la sortie
de «Rive gauche Rio», les choses
risquent de changer.
D. Manuel Clemente em Ixelles
DR
Le chanteur brésilien Celso Fonseca
à Flagey
■ Convivio depois da missa
No quadro do programa da Semana de Todos os Santos 2006
que teve lugar em Bruxelas, o
Bispo Auxiliar de Lisboa, D.
Manuel Clemente, presidiu no
passado dia 29 de Outubro, à
eucaristia dominical das Comunidades portuguesas, lusófonas e
francófonas, na Igreja de Ste
Croix em Ixelles, e no final houve
um almoço de confraternização,
realizado ao ar livre, junto à igreja.
Esta foi a quarta sessão do Congresso Internacional para a Nova
Evangelização, depois de Viena de
Áustria (2003), Paris (2004) e
Lisboa (2005), e antes de Budapeste (2007).
«Por isso, todos os que aqui nos
reunimos, neste Domingo e nesta
acolhedora paróquia de Sainte
Croix - com especial referência a
vós, queridos compatriotas, que
aqui viveis e trabalhais - estamos
dispostos a testemunhar a fé, que
dá sentido e esperança às nossas
vidas» disse D. Manuel Clemente
na sua homilia.
«A primeira realidade da Evange-
■ António Catalina, entrevistado para a RTPi
lização, da nova evangelização, é
o evangelizador por excelência,
ou seja, o próprio Jesus Cristo.
Cristo que se apresenta como
quem convida à comunhão com
ele. Ora, sabemos bem que este
convite de Cristo só pode ressoar
hoje através das comunidades
cristãs, que são o seu ‘corpo’ e a
sua manifestação audível e visível
no mundo. Pois bem, caros irmãos
que aqui vos reunis, vindos de
perto ou de longe, é o que tendes
de fazer em Bruxelas, nas vossas
comunidades cristãs: ser voz
activa e convincente, neste tempo e nesta cultura, de Cristo que
chama e convida a todos os que
aqui trabalham e vivem: ‘Vinde e
vede!’».
■
Manuel Martins
Natural de Campo Maior, onde nasceu há 52 anos, António Catalina
reside em Bruxelas desde Agosto de
1974 e onde desenvolve uma actividade comercial no ramo dos produtos alimentares portugueses. Muitos
sabem que foi proprietário, durante
alguns anos, do Café/Restaurante
Campomaiorense, mas poucos
sabem que António Catalina é criador de pombos.
«Há cerca de 10 anos ganhei este
amor pelos pombos-correios, não
para participar em competições,
mas pelo gosto de os criar e de tentar novas raças» começa por explicar ao LusoJornal. «Quando tinha o
Campomaiorense, havia lá um clube
de pesça e caça, onde também militavam columbófilos. Foram eles que
me transmiram este ‘bichinho’ pelos
animais».
Hoje,num terreno bem perto de sua
casa, tem a sua criação devidamente
licenciada pela Federação Belga de
Columbofilia. «Os pombos belgas
são considerados como os melhores
do mundo, logo seguidos pelos holandeses» explica ao LusoJornal.
«Aqui tenho uma pomba traçada de
um pombo belga e de uma pomba
holandesa. Ficou bem bonita e esta
não a vendo por nada».
Para cobrir uma parte das despesas
que tem com os pombos, António
Catalina vende a sua criação. «Tenho
pombos meus vendidos para muito
sitio. Em Portugal sou mais conhecido na Columbofilia de Porto de
Mós, mas tenho vendido para várias
cidades, essencialmente pela internet. As pessoas vão ao meu site e
compram os animais. Eu apenas os
envio». É que a criação fica cara. «Todos os dias venho aqui para lavar o
pombal – é importante tê-lo sempre
limpinho – e para dar de comer aos
pombos. Se algum tiver um problema, tenho de o levar imediatamente ao veterinário» explica António Catalina enquanto mostra o
pombal à equipa do LusoJornal.
«Gasto muito com estes animais, entre veterinário,alimentação e vitaminas, vai uma fortuna» confessa. Mas
como «quem corre por gosto, não
conta», António Catalina tem pelo
menos o prazer de ver os seus sonhos… voar!
■ Carlos Pereira
12 Passatempo
Castanhas com muita cor e alegria
Novo canal de televisão para as
Comunidades
LusoJornal - Paulo Carvalho
No próximo dia 25 de Novembro
vai ser lançado, a partir de Paris, a
CLP TV, um Canal de Lingua Portuguesa, com o objectivo principal de se dirigir aos lusófonos
expatriados.
Criado por um grupo de empresários portugueses em França,
este canal de televisão começa
por imitir 8 horas por dia e depois desenvolverá a sua actividade, de acordo com a convenção assinada com o Conselho Superior francês do Audiovisual, de
emitir 80% dos seus programas
em português e 20% em francês.
As equipas começaram a ser
constituídas e tem portugueses,
brasileiros, cabo-verdianos, essencialmente em Paris, mas com correspondentes nas principais capitais do mundo.
Na próxima edição do LusoJornal, teremos mais detalhes de
como captar a CLP TV.
Muitas Festas de S. Martinho
■ Festas de S. Martinho: Comunidade de Emaus, FC Portugal e Sport Alma e Benfica
No passado dia 11 de Novembro,
mais de 10 festas de S.Martinho tiveram lugar lugar só em Bruxelas.
Neste contexto, razão é de concluir
que, ou a crise ainda não é assim tão
grande, ou o São Martinho é um dia
mesmo especial para a Comunidade
portuguesa residente na Bélgica.
Estas festas têm sempre vários
aspectos positivos, tanto na integração no país de acolhimento, como
Portugueses na
Bélgica na RTPi
Com uma cadência em média de
uma reportagem por semana, o programa Europa Contacto, da RTP
internacional, tem dado destaque
aos Portugueses que vivem e trabalham na Bélgica.
As equipas do LusoJornal, que estão
a produzir as reportagens para o
programa, têm uma plano de entrevistas bastante alargado, que deve
prosseguir nos próximos meses.
«Os Portugueses residentes na Bélgica estavam esquecidos deste programa de televisão de grande audiência nas comunidades portuguesas na Europa» diz Carlos Pereira,
Director do LusoJornal. «Mas com
estas reportagens que estamos a
fazer, vamos repôr alguma justiça».
«Nesta primeira fase,temos entrevistado algumas das pessoas que
temos dado destaque no LusoJornal, mas vamos continuar e queremos mostrar ao mundo a riqueza
das actividades dos Portugueses da
Bélgica que se nota nos mais variados sectores socio-culturais e socioprofissionais» afirma Carlos Pereira.
A jovem atleta Caroline Morais, o
professor de hip-hop Nice, o Centro
português de Karaté, a Livraria Orfeu, o poeta Manuel Alcobia foram
algumas das reportagens que já
foram transmitidas. «Queremos variar de assuntos e também ir a outras cidades e não ficar unicamente
em Bruxelas» completou Paulo de
Carvalho, Director-adjunto do LusoJornal. «Há tanta coisa importante
para mostrar, que temos de ser
pacientes até connosco. Gostavamos de mostrar tudo de uma só vez,
mas não é possível».
Europa Contacto
RTP internacional
Todos os Sábados,
a partir das 19h30
4
8
7
7
5
2
8
1
5
1
2
3
6
5
1
7
7
6
9
1
3
2
4
5
2
2
1
na divulgação da cultura portuguesa, a julgar pela presença dos muitos
belgas que nunca faltam a estes
encontros,nem que seja para provar
a nossa gastronomia que é tão rica,
neste caso por todo o lado houve
com muita abundância de castanha,
sardinha assada e a respectiva águapé.
De parabéns estão clubes e associações que organizaram os eventos,
4
que são sempre uma mais valia para
a Comunidade se juntar e confraternizar.
A lenda de São Martinho
Quando era ainda soldado, ao entrar
pelo portal da cidade de Amiens,
deparou-se com um pobre homem
praticamente sem roupas (era um
Inverno especialmente rigoroso).Ao
ver que ninguém ajudava o mendigo, mesmo pessoas com muito
Regras do SuDoKu:
Sudoku é um puzzle de colocação
de números. O puzzle contém
algumas pistas iniciais. Cada
coluna, linha e região só pode ter
um número de cada (de 1 a 9).
O objectivo é preencher todos os
campos com números.
Cada linha de 9 números tem de
incluir todos os algarismos de 1 a
9 em qualquer ordem.
Cada coluna de 9 números tem de
incluir todos os algarismos de 1 a
9 em qualquer ordem.
E cada sub quadro 3x3 tem de
incluir todos os algarismos de 1 a
9 em qualquer ordem.
Resolver o problema requer apenas raciocínio lógico e algum
tempo.
Mísia et Sara Tavares en Belgique
L’Ancienne Belgique organise, en décembre, deux concerts avec des
voix portugaises.
Le 4 décembre, Mísia présentera «Drama box & fado max». Même le
magazine flamand P Magazine, volontiers machiste, en parlait en ces
termes: «5/5, un chef d'œuvre». Avec 8 albums sortis depuis '91, Mísia
s'affirme comme la première et la plus éclatante des nouvelles fadistas.
Le 14 décembre, c’est le tour de Sara Tavares, la sublime lauréate musicale d'origine capverdienne qui a élu domicile à Lisbonne. A 16 ans,
Sara Tavares remportait déjà des concours de chant populaires.
Aujourd'hui, quelque 10 ans plus tard, elle séduit nos coeurs et nos
oreilles avec son magnifique, et de fait très équilibré, troisième album
«Balancê» (paru sur Worldconnection et distribué par Munich
Records).
C’est un mois du nouveau Portugal, sur l’Ancienne Belgique.
7
6
mais posses que ele, cortou sua
manta militar ao meio.A manta era o
seu único bem real naquele momento, e ofereceu o pedaço ao
homem,para ele se proteger do frio.
Na mesma noite teve uma visão na
qual vislumbrou a face de Cristo,
que vestia a manta dada ao mendigo.
■
9
Paulo Carvalho
5
4
7
6
7
3
3
1
7
4
1
5
9
8
9
6
1
8
4
2
7
3
9
Desporto 13
Jeune pilote a été invité par l’équipe officielle Renault Benelux
Duarte Ferreira, le plus jeune portugais en monoplace
Caroline Morais:
naturalização belga
Le jeune pilote portugais Duarte
Ferreira, habitant Bruxelles, rentre dans l’histoire comme étant le
plus jeune pilote portugais au
volant d’une monoplace. Du haut
de ses 13 ans, et après avoir fait
du karting pendant plusieurs
années, Duarte Ferreira a fait des
tests sur les circuits de SpaFrancorchamps et de Croix-enTernois, en France, et a été invité
à faire partie de l’équipe officielle
de Renault Benelux.
«Les tests ont été positifs et Duarte Ferreira se sent bien au volant
de la voiture» explique le père du
pilote au LusoJornal. «L’invitation
d’intégrer l’équipe officielle de
Renault Benelux a été faite et
pour nous est une très bonne
récompense» et António Ferreira
explique «maintenant c’est à nous
de décider s’il commence dès
cette année 2007 ou s’il vaut
mieux attendre encore un peu.
Nous prendrons la décision dans
l’intérêt de la carrière de Duarte».
Selon une source proche de la
famille du pilote, «il y a 90% des
chances pour qu’il accepte ce
nouveau défi» et dans ce cas,
Duarte Ferreira pilotera l’année
prochaine, dans le cadre du
Championnat d’Europe 2007, une
Renault 1600. «C’est vrai que c’est
le rêve de Duarte» avoue son père, tout en avouant que c’est aussi
son rêve à lui et à toute la famille
A ginásta Caroline Morais está em
vias de se naturalizar belga, para
poder participar em todos os campeonatos belgas.“Como é para ela
defender a causa belga, o processo
é mais rápido e pode demorar
entre 3 e 5 meses” explicou ao
LusoJornal a mãe da atleta. “Mas
continuará sempre a ser também
portuguesa”.
Em Abril Caroline Morais vai participar no Campeonato da Bélgica
de ginástica rítmica, mas acabou
de anular uma viagem à Rússia,
para competir com as ginástas que
tanto admira. A falta de patrocinadores tem, por vezes, consequências deste tipo... “Mas não vão faltar novas oportunidades” disse
Fátima Morais ao LusoJornal
der sur ces conditions.
Le Championnat commence au
mois de mars 2007, mais d’ici là,
Duarte Ferreira a déjà d’autres
courses, toujours au volant d’une
monoplace Renault. Il est convoqué le 10 et le 23 décembre sur le
circuit français de Croix, en
France. Ensuite doit démarrer la
saison officielle des entraînements.
Duarte Ferreira n’envisage pas
d’abandonner le karting, «car
c’est un besoin naturel pour n’importe quel pilote». Il continuera
donc à pratiquer et à participer,
de temps en temps, à quelques
courses du calendrier officiel.
LusoJornal a pris l’habitude de
suivre la carrière de Duarte Ferreira. Esperons donc aller le plus
loin possible, avec ce jeune pilote
que nous encourageons!
■ Duarte Ferreira au voland de la Renault 1600 monospace
qui est derrière le pilote dès son
plus jeune âge.
La décision implique aussi un
contact avec les sponsors car
LusoJornal croit savoir que les
budgets tournent autours de
400.000 euros. «Nous avons des
sponsors potentiels, mais nous ne
faisons rien sans leur accord» dit
António Ferreira.
De son côté, Duarte Ferreira a
imposé quelques conditions à
l’équipe Renault. «Il faut absolument que Duarte porte les couleurs du Portugal, car il est portugais et il souhaite promouvoir son
pays». D’autre part, Duarte Ferreira souhaite pouvoir continuer à
promouvoir les Cafés Delta, «car il
ne peux pas oublier le soutien de
M. Rui Nabeiro, depuis ses débuts
dans la compétition automobile»,
explique António Ferreira. Apparemment, l’équipe est prête à cé-
■
Carlos Pereira
14 Desporto
Futebol feminino:
Portugal perdeu
particular com a
Bélgica
A Selecção portuguesa de futebol feminina perdeu neste início
de Novembro com a Bélgica, por
4-1, em jogo particular, disputado no Cartaxo.
A selecção belga entrou bem no
jogo e dominou toda a primeira
parte, o que permitiu chegar ao
intervalo com uma vantagem de
três golos, apesar da relva ensopada e do terreno bastante pesado.
A ponta de lança Kristel Verelst
mostrou ter faro goleador, apontando dois dos tentos belgas (13
min e 31 min) em resposta a cruzamentos para a pequena área
portuguesa. Neide Simões foi batida pela terceira vez por Marlies
Verbruggen (40 min), que rematou colocado à saída da guardaredes portuguesa.
O primeiro sinal de perigo para
a baliza belga surgiu no último
minuto da primeira parte, com
um livre directo à entrada da
área de Liliana Martins, defendido a soco por Gave Van Poucke.
A Bélgica voltou a marcar no
segundo tempo, pela capitã de
equipa, Femke Maes (74 min)
aproveitando uma defesa incompleta de Neide Simões.
As pupilas de José Augusto reduziram a desvantagem, já perto do
final do encontro, com um golo
de Paula Cristina (88 min) na
conversão de uma grande penalidade, ao ângulo superior
direito da baliza belga.
Equipas:
Portugal: Neide Simões, Ana
Valinho, Carla Monteiro, Francisca Martins, Sofia Ferreira, Cláudia Neto, Cátia Reis, Paula Cristina, Liliana Martins (Catarina
Sousa, 45 min), Edite e Rita Carneiro (Carolina Mendes, 45 min).
Suplentes não utilizadas:
Jamila Marreiros e Joana Carvalho.
Bélgica: Gave Van Poucke (Tajia
Vandenhauwe, 45 min), Adeline
Mebard (Evelin Stoffels, 76 min),
Imke Courtois, Nadia Permul
(Annelies Timmermans, 59 min)
Hanne Vanbegoor, Aline Zeler,
Marlies Verbruggen, Femke
Maes, Kristel Verelst, Lenie Onzia (Sophie Mannaert, 59 min) e
Maud Coutereels.
Árbitro: Márcia Pejapes (Leiria).
Senhor empresário
tenha confiança
no LusoJornal
0485 89 84 09
Football: résultats des deux fédérations belges au 16 novembre
“Alma e Benfica” destacado no primeiro lugar
Fédération Travailliste - Division
Equipes
J G N P
1 Alma E Benfica
8 7 1 0
2 Milli Genclik
8 4 3 1
3 Vila Real
8 4 3 1
4 Fc Midar
10 4 3 3
5 Fc Porto
9 4 2 3
6 Cad Ixelles
9 4 1 4
7 Bayrampasa
9 4 1 4
8 Fcab
10 4 1 5
9 Riesina
10 4 0 6
10 Fc Bosna
9 2 3 4
11 Vimieirense
9 2 3 4
12 Entente La Louve
9 0 1 8
1
Pt
22
15
15
15
14
13
13
13
12
9
9
1
Fédération Travailliste - Division
Equipes
J G N P
1 Belenenses
10 5 5 0
2 L.m.i. Anderlecht
10 5 4 1
3 Numidia Rif
10 4 5 1
4 Jk Besiktas
9 5 1 3
5 Los Extranos
9 4 3 2
6 Fenerbahce
9 4 2 3
7 Campomaiorense 9 4 2 3
8 Sezurense
9 4 0 5
9 Terminus
10 3 1 6
10 Fc Askehir
9 3 0 6
11 Bosphore
9 1 2 6
12 Usakspor
9 1 1 7
2
Pt
20
19
17
16
15
14
14
12
10
9
5
4
Fédération Travailliste
Equipes
1 Oasis
2 Dynamo Jos.
3 Os Lusitanos
4 Pantheres Noires
5 Tunisia
6 Tunisien
7 Bs Jette
8 Postiers
9 Efsane
10 Balcan
11 U. Marolles
12 Es Es United
Fédération Travailliste - Division
Equipes
J G N P
1 Milanello Evere
9 7 1 1
2 Incontro Sport
9 5 3 1
3 Fc Rose
9 5 2 2
4 Fc Oran
10 5 2 3
5 Fc Portugal
9 4 2 3
6 Germinal
8 3 4 1
7 Savio Molenbeek
9 3 2 4
8 Suskewiet
10 2 5 3
9 Sancataldese
8 3 0 5
10 Fc Ketje
10 2 1 7
11 Entente La Louve
8 1 3 4
12 Royal Eveil
9 1 1 7
4
Pt
22
18
17
17
14
13
11
11
9
7
6
4
Fédération Travailliste
Equipes
1 New St. Guidon
2 S.c. Charlemagne
3 Vila Real
4 Olympic Bxl
5 Renaissance
6 Eendracht Vilvoorde
7 Entente La Louve
8 Hellas Berchem
9 Capitano 06
10 Real Molenbeekois
11 Anatolie 95
12 U.s. Postiers
13 Los Extranos
14 Jk Besiktas
5
Pt
18
18
18
15
15
12
9
9
7
7
7
5
3
0
Fédération ABSSA - Division 1
Equipes
J G N
1 Jefke FC
10 7 1
2 Tourinnois FC 1
10 6 2
3 La Lorraine FC 1
10 6 1
4 Laeken Tennis J.
10 5 3
5 Week Sport
10 4 5
6 Goalois 1
10 5 1
7 Enghien Amicale
10 4 3
8 Brussels LTC 1
10 4 2
9 Ettekijs-Champion 1
10 4 2
10 Portugal FC
10 3 4
11 Gast FC 1
10 2 3
12 Forestois S.C 1
10 2 3
13 La Lorgnette FC
10 1 2
14 Mireille Wemmel 1
9 0 0
Fédération ABSSA - Division 3A
Equipes
J G N P
1 Green Devils
10 6 3 1
2 Brus. Brithish RFC 2
10 6 2 2
3 E.S.A.J.F. 2
10 6 2 2
4 Anim's FC
10 6 2 2
5 Boavista FC
10 6 0 4
6 Virginal ASF
10 4 5 1
7 Anciens Scouts R.1
10 5 1 4
8 Rapid Limelettois
10 5 0 5
9 Irlande FC 2
10 4 2 4
10 Le Clan CS
10 4 2 4
11 Cosmos Molemb. 1
10 2 2 6
12 Vollezele SKO
10 1 3 6
13 Sparta Scheut
10 1 1 8
14 Str.Penelope ROS 1
10 1 1 8
Pt
21
20
20
20
18
17
16
15
14
14
8
6
4
4
- Division
J G N P
6 6 0 0
8 6 0 2
8 6 0 2
7 5 0 2
8 5 0 3
6 4 0 2
8 3 0 5
9 2 3 4
7 2 1 4
7 2 1 4
7 2 1 4
9 1 2 6
8 1 0 7
0 0 0 0
Fédération ABSSA - Division 4D
Equipes
J G N P
1 Braine-Terminus FC
9 9 0 0
2 Omnisp. Bierghes 1 10 5 2 3
3 Realistes Mexico 1
10 5 2 3
4 APEB AS
10 5 2 3
5 Chiefs Kapellev. 3
10 5 1 4
6 Nivelles AS
10 5 1 4
7 Higgins
10 4 2 4
8 Peter Pan FC 2
10 4 2 4
9 Boca Sublime
9 3 4 2
10 Braine CCM 1
10 3 1 6
11 Tervuren VK
10 3 1 6
12 Press (Amicale)
10 2 3 5
13 Marconi Forest R.
10 2 3 5
14 Averenspor FC
10 1 1 8
Pt
27
17
17
17
16
16
14
14
13
10
10
9
9
4
- Division
J G N P
8 7 1 0
8 6 0 2
9 5 2 2
8 4 2 2
7 4 1 2
7 4 0 3
6 3 0 3
8 3 0 5
7 1 0 6
7 1 0 6
9 1 0 8
0 0 0 0
3
Pt
22
18
17
14
13
12
9
9
3
3
3
0
P
2
1
3
2
1
4
3
4
4
4
5
5
7
9
Pt
22
20
19
18
17
16
15
14
14
13
9
9
5
0
Fédération ABSSA - Division 6D
Equipes
J G N P
1 British United 5
10 9 1 0
2 Beckers FCA
10 7 2 1
3 Irlande FC 5
10 7 1 2
4 Brussels LTC 4
10 6 2 2
5 Campomaiorense 10 6 2 2
6 Goalois 3
10 5 1 4
7 Avia FC 1
10 4 3 3
8 La Lorraine FC 4
10 4 1 5
9 Elisabeth Club 2
10 4 1 5
10 Brus. British RFC 6
10 3 0 7
11 Alize Veterans FC
10 3 0 7
12 Metrasport
10 2 0 8
13 Aema Veterans
10 2 0 8
14 Ramblers SC 2
10 1 0 9
Pt
28
23
22
20
20
16
15
13
13
9
9
6
6
3

Similar documents

Comemorações da Batalha de La Lys

Comemorações da Batalha de La Lys Por sua vez, o Secretário de Estado das Comunidades,António Braga, desvalorizou a consulta popular não vinculativa realizada em França, afirmando que «as medidas do Governo não estão a referendo». ...

More information

lucenzo, luso-descendente troféu de artista do ano

lucenzo, luso-descendente troféu de artista do ano exagero quando o digo, todos os dias, é a vitalidade do mundo associativo português, a capacidade das segundas e terceiras gerações afirmarem ser e viverem-se como Portugueses. Continua-se a gritar...

More information

Tony Carreira CanTa no olympia

Tony Carreira CanTa no olympia Secretário de estado das Comunidades alerta para riscos de emigração O Secretário de Estado das Comunidades portuguesas, José Cesário, alertou para os riscos da emigração sem condições contratuais ...

More information