Surf Guide - Turismo de Portugal

Comments

Transcription

Surf Guide - Turismo de Portugal
“O surf é assumido como um segmento de
aposta do turismo náutico, na medida em que
diversifica a oferta, capta mercado e dinamiza
as economias regionais, enriquecendo assim,
a proposta de valor do país ancorada num
recurso distintivo – o mar português.”
Turismo de Portugal
visitportugal.com
“Surf is regarded as an important
segment in water sports tourism as
it diversifies the supply, attracts the
market and energises the regional
economies, thus enriching the
value of this proposal in a country
anchored in a distinctive natural
resource – the Portuguese sea.”
Começamos por afirmar, com convicção e orgulho, que Portugal é uma espécie de praia gigantesca para praticantes de surf de todo o mundo.
De facto, esta extensa costa atlântica, conhecida pelas suas excelentes praias,
proporciona ainda muitas mais aventuras, desde logo, para os amantes do surf.
A variedade de “spots”, associada às condições naturais e climatéricas,
permite a prática da modalidade durante todo o ano e por todos, sem
exceção: dos mais experientes e destemidos, aos aprendizes ou simples
amantes da natureza e do mar.
A realização dos principais eventos mundiais de surf, a consagração de uma
reserva mundial deste desporto e um recorde mundial de ondas grandes
vieram confirmar esta vocação de Portugal.
A estas características do território, juntam-se as condições proporcionadas pelos serviços turísticos disponíveis - alojamento, gastronomia e outras
atividades de turismo de natureza, náutica de recreio ou golfe.
O surf é assumido como um segmento de aposta do turismo náutico, na
medida em que diversifica a oferta, capta mercado e dinamiza as economias regionais, enriquecendo assim, a proposta de valor do país ancorada
num recurso distintivo – o mar português.
Está, pois, lançado o desafio para a descoberta de todos os locais, de norte
a sul e ilhas, onde a prática de surf poderá ser uma experiência inesquecível.
Portugal, um destino de surf.
We begin by saying, with pride and conviction, that Portugal is a sort of big
beach for surfers from all over the world.
The fact is that this extensive Atlantic coastline, famous for its excellent
beaches, provides many more adventures for surf lovers.
The variety of spots as well as natural and climate conditions mean that this sport
can be practiced all year round by everyone without exception: from the most
experienced and fearless to beginners or simple lovers of nature and the ocean.
The realisation of the world’s main surfing events, the dedication of a world
surfing reserve and a big wave world record have confirmed Portugal’s vocation in this area.
Added to these territorial characteristics are the conditions offered by our
tourist services – accommodation, gastronomy and tourist activities: nature,
water sports or golf.
Surf is regarded as an important segment in water sports tourism as it diversifies the supply, attracts the market and energises the regional economies,
thus enriching the value of this proposal in a country anchored in a distinctive
natural resource – the Portuguese sea.
So, here is a challenge: discover all these spots from north to south, not forgetting the islands, where surfing can be an unforgettable experience.
Portugal, surf destination.
PORTUGAL
DESTINO
DE SURF
“Este guia tem por objetivo ser um contributo para uma visão
de conjunto do surf em Portugal e para o estabelecimento da
sua importância na economia portuguesa.”
António Pedro de Sá Leal
António Pedro de Sá Leal
Francisco Cipriano
PORTUGAL SURF
DESTINATION
Os descobrimentos portugueses marcaram a nossa história. O conjunto
de viagens e explorações marítimas realizadas pelos portugueses resultaram na expansão nacional e deram um contributo essencial para delinear o
mapa do mundo, impulsionados pela Reconquista e procura de alternativas
às rotas do comércio no Mediterrâneo. O mar é o nosso destino e o nosso
maior potencial. Se no passado o mar representou um papel muito importante na afirmação mundial de Portugal e alimentou o desenvolvimento de
um conjunto de atividades económicas importantes, a aposta futura na economia do mar seguirá provavelmente outros caminhos.
É neste contexto que Portugal assume um destaque nos desportos náuticos pelas excelentes condições naturais que apresenta e que mobilizam hoje
um número significativo de praticantes. Entre estas modalidades destaca-se o
surf. Pese embora a tradição nacional no surf, os últimos anos foram muito determinantes para a sua consolidação, podendo afirmar-se hoje que Portugal
é um país central no panorama do surf mundial e um destino por excelência.
The Portuguese Discoveries marked our history. The number of voyages and
maritime explorations undertaken by the Portuguese led to national expansion and made a key contribution to the drawing of the map of the world,
driven by the Reconquest and the search for alternatives to the Mediterranean trade routes. The sea is our destiny and our greatest potential. Whilst in
the past the sea played a core role in affirming Portugal in the world and fostered the development of a number of important economic activities, the future focus on the economy of the sea will probably pursue other directions.
The aim is also to contribute to an overall
view of surf in Portugal and to establish its
importance in the Portuguese economy,
simply, directly and effectively promoting
Portugal as a surf destination.
“Na verdade, não é preciso viajar
muito para se encontrar um recanto
pacato e poder-se desfrutar do melhor
do surf e da harmonia entre o homem
e a natureza.”
Francisco Cipriano
The fact is that you don’t
have to travel far to find a
quiet corner to enjoy the
best surf and the harmony
between man and nature.
Portugal dispõe de um clima temperado, com bastante sol e apesar da água ser
fria, as ondas são regulares em toda a costa durante todo o ano. A combinação
de um recorte de costa com um fluxo de ondulação atlântica resulta num espaço de mais de 800 km de costa que vale a pena explorar. Na verdade, não é
necesário viajar muito para se encontrar um recanto pacato e poder desfrutar-se do melhor do surf e da harmonia entre o homem e a natureza. Foi precisamente o reconhecimento de que existe uma oferta diversificada e de qualidade
em todo o país o que mais nos motivou na elaboração do Portugal Surf Guide.
Este guia visa preencher um espaço importante na estruturação da oferta de ondas em Portugal e, sobretudo, internacionalmente, ao assumir-se
como o primeiro inventário completo dos locais que apresentam boas condições para a prática do surf. Tem por objetivo também, ser um contributo
para uma visão de conjunto do surf em Portugal e para o estabelecimento
da sua importância na economia portuguesa, promovendo de uma forma
simples, direta e eficaz, Portugal como destino de surf.
O Portugal Surf Guide pretende ainda transmitir uma forte componente de educação ambiental, sensibilizando os agentes e os turistas para a
preservação dos recursos naturais, das nossas praias e das nossas ondas,
através de hábitos que promovam um código de conduta ambientalmente
responsável. Desfrutem!
It is in this context that, given our excellent natural conditions, Portugal is
prominent in nautical sports which now mobilise a significant number of players. One of these sports is surfing. Despite the existing surfing tradition here,
the last few years have been decisive in consolidating it so that today we can
say that Portugal is a key country in the world surfing panorama and an outstanding destination.
Portugal has a temperate climate with a lot of sun, and although the water is
cold the waves are regular along the coast throughout the year. The combination of an irregular coastline with the flow of the Atlantic swell results in a
line more than 800 km long which is worth exploring. The fact is that you don’t
have to travel far to find a quiet corner to enjoy the best surf and the harmony between man and nature. It was precisely because we recognised that we
have a diversified offer of quality throughout this country that we decided to
produce this Portugal Surf Guide.
The aim of this guide is to fill an important gap in Portugal but also internationally about the information on the wave offer, as it is the first complete inventory of spots with good surfing conditions. The aim is also to contribute to
an overall view of surf in Portugal and to establish its importance in the Portuguese economy, simply, directly and effectively promoting Portugal as a
surf destination.
The Portugal Surf Guide also wishes to convey a strong environmental message, raising agents’ and tourists’ awareness of the preservation of our natural resources, our beaches and waves, through habits which promote a code
of conduct that is environmentally responsible. Enjoy!
AS ONDAS
Em
PORTUGAL
Tiago Pires
ThE WAvES
IN PORTUGAL
Não consigo ser modesto quando tenho que abordar o tema: qualidade das ondas em Portugal. a minha resposta é sempre firme e directa:
-” Portugal tem altas ondas!”
E realmente se pensarmos bem, que país no mundo é dono duma costa
tão pequena e simultaneamente tão vasta em termos de diversidade e
qualidade de ondas? Eu não conheço muitos.
Costumo dizer que Portugal é um pequeno diamante em bruto. Temos
800km de costa onde podemos encontrar todo o estilo de ondas e ainda
dois dos mais variados, surpreendentes e místicos arquipélagos da Europa, a Madeira e os açores.
I cannot be modest when I talk about the quality of the waves in Portugal. My
reply is always firm and direct:
“Portugal has great waves!”
In fact, thinking it over, what other country in the world boasts such a small
but at the same time such an immense coastline in terms of diversity and
wave quality? I don’t know that many.
I usually say that Portugal is a small uncut diamond. We have 800 km of
coastline where we can find waves of every type and two of the most varied,
surprising and mystical archipelagos in Europe, Madeira and Azores.
“De norte a sul, nas ilhas e afins, temos a sorte e o privilégio de
contar com ondas alucinantes, todas elas muito diferentes umas
das outras, para todos os gostos e feitios, um autêntico catálogo
marítimo desenhado quase na perfeição...”
Tiago Pires
Pessoalmente tive a sorte de crescer a surfar as ondas da Ericeira e acredito muito sinceramente que estas foram as grandes responsáveis pelo
meu estilo de surf. Bonito ou feio, opiniões à parte, não posso deixar de
acreditar que este já me tenha levado longe neste nosso pequeno universo. Cresci e aprendi desde cedo a gostar de tubos e foram essas mesmas ondas “Ericeirences” as grandes responsáveis.
É claro que não me posso limitar a estes 7km de costa e tenho que reconhecer que as nossas ondas vizinhas de Carcavelos e Supertubos, também foram as responsáveis por passar a gostar cada vez mais de observar as ondas de dentro para fora. Uma onda perfeita não tem preço e
fazer tubos é algo extremamente viciante. Se um dia me perguntarem se
tenho vícios, acho que já imaginaram a minha resposta.
Bem sei que se me limitasse a falar unicamente nestes três poisos, estaria a dar um tiro no meu próprio pé! O meu passado surfístico deu-me
a conhecer momentos clássicos por todo o país e são muitas as sessões
inesquecíveis que tenho na memória um pouco por todo o lado. De norte a sul, nas ilhas e afins, temos a sorte e o privilégio de contar com ondas alucinantes, todas elas muito diferentes umas das outras, para todos
os gostos e feitios, um autêntico catálogo marítimo desenhado quase na
perfeição para agradar todos os intervenientes da nossa tribo.
I was personally lucky enough to grow up surfing the waves of Ericeira and I
sincerely believe that they were responsible for my surfing style. Beautiful or
ugly, and setting aside opinions, all I know is that this style has taken me far
in our small universe. From an early age I grew and learnt to love barrels and
it was these Ericeira waves that were largely responsible.
Of course, I can’t just talk about these 7 km of coast;I must recognise that our
neighbouring waves in Carcavelos and Supertubos were also responsible for
the fact that I increasingly love seeing the waves from the inside out. A perfect wave has no price and riding barrels is extremely addictive. If someone
ever asks me if I’m addicted to anything you can imagine my reply.
I know that if I only spoke about these three spots I would be shooting myself in the foot! My surfing past has provided me with classic moments up
and down the country and my memory holds many unforgettable rides, here,
there and everywhere. From north to south, including the islands, we are
lucky and privileged to have mind-blowing waves, which are all very different
from one another, designed for all shapes and sizes, a faithful maritime catalogue designed almost perfectly to please everyone in our tribe.
“From north to south,
including the islands, we
are lucky and privileged
to have mind-blowing
waves, which are all
very different from one
another, designed for
all shapes and sizes,
a faithful maritime
catalogue designed
almost perfectly...”
Todos os anos em março, quando recomeço o meu ano competitivo, na
conhecida Gold Coast australiana, costumo cansar os meus amigos e colegas de profissão com a mesma conversa:
-”Eh pá, fiz mais tubos este inverno em Portugal que no Havai durante a
minha vida toda!” ou ainda qualquer coisa do género: ”- Surfei as ondas
da minha vida com mais duas ou três pessoas dentro de água!”
O pior é que geralmente estes comentários incendiários, vêm acompanhados
das devidas imagens e para espanto dos meus amigos, todos os anos há sempre alguma coisa melhor e mais insana. Não sei se será o oceano a tentar dizer alguma coisa, ou se serei eu próprio quem cada vez mais procura insaciavelmente a perfeição das nossas ondas. Um facto é que ano após ano somos
brindados com condições excelentes, que são comparáveis a qualquer outro
destino de sonho, mas com a particularidade de não termos que percorrer
grandes distâncias para chegar até elas.
Enfim, podia estar aqui mais umas horas a falar da qualidade das nossas
ondas e a contar histórias de sessões épicas, mas a maré neste momento está a vazar e o surf está a ficar muito divertido mesmo aqui em frente de casa! Tenho de ir! Boas ondas para vocês!
Every year in March when I begin my championship year on the famous Gold
Coast of Australia, I tire out my friends and surfing buds with the same conversation:
-“Guys, I caught more barrels in Portugal this winter than in Hawaii my whole
life!”, or something along the lines of: “-I surfed the most amazing waves and
there were only two or three people in the line-up with me.”
The trouble is that these incendiary comments are backed up by the requisite pictures and each year, to my friends’ amazement, there is always something better and crazier. I don’t know if it is the ocean trying to say something
or whether I myself am increasingly searching insatiably for the perfection of
our waves. The fact is that year after year we are presented with epic conditions which are comparable to any other dream destination, but with the particularity that we don’t have to travel huge distances to get to them.
Well, I could be here for hours writing about the quality of our waves and telling stories of epic sessions but the tide is perfect now and the surf is getting
great right here in front of my house! I have to go! Good waves to you all!
N
O Portugal Surf Guide, embora tenha recorrido às fontes de informação escrita e online, tem um caráter essencialmente exploratório baseado numa experiência única vivida pelos autores que visitaram todos os locais referenciados de norte a sul do país incluindo as ilhas.
Em Portugal encontramos uma oferta diversificada de ondas, desde
as que são próprias para iniciantes no surf às mais radicais adequadas a outros níveis e que até proporcionam, anualmente, provas importantes do calendário do surf mundial.
As ondas estão classificadas numa escala de “um” a “cinco”, correspondendo à pontuação máxima as que apresentam uma qualidade
de excelência depois de ponderados um conjunto de factores que
uma abordagem de nível nacional permite. Foram ainda contempladas duas categorias especiais: “Ondas Grandes” com características próprias no domínio do surf e “Ondas Mágicas” que convidam
à descoberta.
É importante referir algumas condicionantes que podem desatualizar a informação apresentada, nomeadamente, o movimento das
areias e outros fenómenos naturais, bem como a ação humana mediante a construção de obras portuárias ou de proteção da orla marítima, podem promover o desaparecimento de ondas ou reduzirem a
sua qualidade. Entretanto, poderão também surgir novos locais que
à data desta edição não houve possibilidade de identificar.
A divisão territorial utilizada no guia diz respeito às áreas promocionais turísticas utilizadas pelo Turismo de Portugal e pelas Agências
Regionais de Promoção Turística.
Although resorting to written and online sources of information the
Portugal Surf Guide is essentially exploratory and based on the unique
experiences of the authors who visited all the spots mentioned, ranging from the north to the south of Portugal, Azores and Madeira.
Portugal has a wide range of waves to offer, from those suitable for
beginners to the more radical ones which are perfect for other levels.
Each year some of these waves host important events in the world surfing calendar.
The waves are classified on a scale of one to five, the highest grade
corresponding to those presenting excellent quality, based on a number of factors weighted in a nationwide approach. We also considered two special categories: “Big Waves”, with specific characteristics
in surfing terms, and “Magic Waves”, which are an invitation to further discovery.
We should mention some limitations that may render the information
obsolete, namely sand movements and other natural phenomena, together with man made effects, such as port or coastal protection works
that can cause certain waves to disappear or lose quality. On the other hand, new spots may have appeared that have been impossible to
identify in time to be included in this guide.
The territorial division used in the guide corresponds to the tourist
promotion areas as applied by Turismo de Portugal and the Portuguese Tourist Promotion Agencies.
E
w
porto e Norte
porto and the north
S
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
mapa de portugal
map of portugal
Áreas promocionais turísticas - turismo de portugAl
Tourist promotion areas - turismo de portugAl
centro de portugal
centre of portugal
açores
Azores
lisboa região
lisbon region
1:2 780.000
madeira
madeira island
Alentejo
1:2 780.000
1:2 780.000
Algarve
porto and the north
N
1.
E
w
Moledo
do minho
S
41º50’58.29’’N • 8º51’57.75’’W
porto
e norte
o
io
R
porto and the north
inh
V.ª N.ª de Cerveira
M
Caminha
1
1. Moledo do Minho
2. Vila Praia de Âncora
3. Afife / Praia da Arda
4. Cabedelo / Viana do Castelo
5. Praia de Ofir
6. Aguçadoura
7. Póvoa de Varzim
8. Vila do Conde / Praia Azul
9. Azurara
10. Perafita
11. Leça da Palmeira
12. Porto/ Matosinhos / Praia Internacional
13. Miramar
14. Espinho/ Direita do Casino
Rio Lima
2
3
The River Minho, which is the frontier
between Portugal and Spain, forms
a sandbank which can produce quality waves. A clean, calm beach, with a
pleasant landscape. Occasional rips
near the mouth of the river. Crowd
with many foreigners.
VIANA
DO CASTELO
4
Esposende
5
O rio Minho, fronteira entre Portugal
e Espanha, forma um banco de areia
que pode permitir ondas com qualidade. Praia muito cuidada, calma e
com paisagem agradável. Pode, por
vezes, apresentar alguma corrente
junto à foz do rio. Fequência de muitos surfistas estrangeiros.
Rio
ado
BRAGA
Cáv
3.
AFIFe /
PRAIA DA ARDA
41º46’11.46’’N • 8º52’22.10’’W
6
É um dos locais mais concorridos
do Norte de Portugal, destino de
surfistas desde o final dos anos 70.
Possibilidade de vento e correntes
fortes. Local de forte reputação entre a comunidade do surf pela grande variedade de ondas.
Póvoa de Varzim
7
8
Vila do Conde
9
One of the most popular spots in
northern Portugal, a surfing destination since the late 70s. Possibility of
strong winds and rips. This spot has
a great reputation among the surfing
community for the wave variety.
10
11
OCEANO ATLÂNTICO
Matosinhos
12
PORTO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
Vila Nova
de Gaia
Rio Douro
13
1:560.000
14
Espinho
porto e norte
porto and the north
6.
14.
AGUÇADOURA
ESPINHO / DIREITA
DO CASINO
41º26’18.56’’N • 8º46’47.45’’W
41º00’30.45’’N • 8º38’44.56’’W
Praia muito extensa, protegida por
um cordão dunar, no entanto, muito exposta à ondulação. Diferentes
bancos de areia produzem picos distintos consoante as marés. O acesso
à praia pode ser feito por duas entradas: uma junto ao campo de futebol, outra na rua da escola primária.
A Direita do Casino é uma das ondas míticas do Norte de Portugal.
Direita tubular com várias secções
que pode terminar nas rochas mesmo em cima da praia. Para sul, a
praia é menos frequentada e há
mais ondas a descobrir junto ao
bairro dos pescadores. Espaço reduzido para estacionamento.
A very long beach protected by a
sand spit but still exposed to the
swell. Different sandbanks produce
different peaks depending on the
tides. There are two ways to access
the beach: one near the football
pitch and the other from the street
with the primary school.
12.
PORTO /
MATOSINHOS / PRAIA
INTERNACIONAL
41º10’19.32’’N • 8º41’20.11’’W
A Praia Internacional do Porto é
uma praia urbana, perto do Parque
da Cidade, com uma excelente marginal, utilizada para vários desportos ao ar livre, animada a qualquer
hora do dia ou da noite. Local privilegiado para aprendizagem com
muitas escolas de surf.
Praia Internacional do Porto is an urban beach near Parque da Cidade,
with a great seafront zone used for
various open air sports which is lively
day or night. It is an excellent place
to learn and has many surf schools.
The casino right-hander is one of the
mythical waves of northern Portugal. A barrel right-hander with several sections which can end on the
rocks right on the beach. Southwards,
the beach has less people and there
are more waves near the fishermen’s
houses. Reduced parking space.
15
Esmoriz
Centre of portugal
N
E
w
16
17.
PRAIA DA BARRA
Ovar
S
40º37’54.67’’N • 8º44’48.80’’W
centro
de portugal
A praia da Barra é muito extensa e está protegida por um pontão a norte. Vários picos ao longo
da praia, tornam-na acessível a todo
o tipo de praticantes da modalidade. Surfistas que vivem o espírito
do surf de forma intensa e amigável. Sendo muito próxima de Aveiro, impõe-se uma visita a esta cidade turística por excelência.
Rio Vouga
centre of portugal
15. Cortegaça
16. Furadouro
17. Praia da Barra
18. Costa Nova
19. Praia de Mira
20-26. Figueira da Foz
17
AVEIRO
18
Barra beach is very extensive and
protected by a jetty on the north
side. Various peaks along the beach,
making it accessible to all surfers.
Friendly crowd with an intense surfing spirit. It is close to Aveiro so
don’t miss a visit to this great town.
Ria de Aveiro
19
21.
BUARCOS / MINA
40º10’41.29’’N • 8º54’15.25’’W
Rio
Cabo Mondego
Figueira da Foz
20 - 26
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
1:560.000
o
deg
Mon
COIMBRA
A Mina é um pico de surf que se localiza em frente do complexo fabril. Onda direita longa com fundo
de rocha para surfistas experientes.
Este pico produz uma onda tubular
que em dias de grandes ondulações
se liga à onda do ”Teimoso”.
Mina is a surf spot located in front
of the factory complex. A long righthander with a point break for experienced surfers. The peak produces a
tube that on big swell days connects
with “Teimoso” wave.
centro de portugal
Centre of portugal
25.
CABEDELO
40º08’24.70’’N • 8º51’45.97’’W
A onda do Cabedelo é para muitos a mais conhecida da Figueira da
Foz, devido ao facto de no princípio
do século ali terem decorrido provas do mundial de surf WT. Possibilidade de muitos surfistas na água.
É uma das ondas mais consistentes
da Figueira da Foz.
For many the Cabedelo wave is the
best in Figueira da Foz because it was
the venue of the WT world surf championship at the beginning of the century. You will probably find a crowd in
the water. Has one of the most consistent waves in Figueira da Foz.
lisbon region
N
Rio
Cabo Mondego
E
w
Mon
o
deg
COIMBRA
38.
LAGIDo
Figueira da Foz
S
39º22’23.03’’N • 9º20’11.18’’W
O pico do Lagido é um point break
de acesso fácil que funciona com ondulações grandes. O facto de a zona
de arranque da onda ser muito estreita obriga a alguma paciência e
respeito pelos locais. Esta é uma das
ondas mais conhecidas de Peniche.
lisboa
região (1)
lisbon region (1)
27. Pedrogão
28. Praia da Vieira
29. S. Pedro de Moel
30. Paredes da Vitória
31. Nazaré / Praia do Norte
32. Nazaré / Praia da Vila
33. Nazaré / Praia do Sul
34. Foz do Arelho
35-48. Peniche
49. Areia Branca
50. Areal Sul
51. Peralta
52. Santa Rita
53. Santa Cruz / Praia do Navio
54. Santa Cruz / Praia do Mirante
55. Santa Cruz / Praia do Pisão
56. Praia Azul
Pico de Lagido is a point break of easy
access that works with a big swell. As
the starting point of the wave is very
narrow patience and respect for locals is required. This is one of the best
known waves in Peniche.
27
28
29
LEIRIA
30
40.
31
32
33
CANTINHO da baía
Nazaré
39º22’16.41’’N • 9º20’15.78’’W
jo
Rio Te
Forcadas
Estelas
34
Lagoa
de Óbidos
Berlenga
Caldas da Rainha
Cabo Carvoeiro
35 - 48
Peniche
OCEANO ATLÂNTICO 5049
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
1:560.000
SANTARÉM
51
52
53
54
55
56
Torres Vedras
O Cantinho da Baía é a onda perfeita para principiantes e a mais consistente durante o verão, em Peniche.
Um pico de direita e esquerda, que
começa lento mas chegando ao inside torna-se rápido. O cantinho da
Baía é, em Peniche, o local onde podemos encontrar mais escolas de
surf dentro de água e por isso convém estar atento a estes alunos e às
suas pranchas.
Cantinho da Baía is the perfect wave
for beginners and the most consistent in Peniche during the summer. A
left and right peak that begins slowly
but rolls fast on the inside. Cantinho
da Baía has the greatest number of
in-water surfing schools so watch out
for learners and their boards.
lisbon region
N
E
57 - 68
Ericeira
45.
SUPERTUBOS
Mafra
S
39º20’38.22’’N • 9º21’44.87’’W
É a onda mais conhecida de Portugal e uma das melhores da Europa.
É conhecida internacionalmente por
ser aqui que se realiza uma etapa
do Campeonato do Mundo de surf
“RipCurl Pro”, em outubro. É uma
onda rápida tubular que pode atingir
uma grande dimensão e que quebra
num banco de areia pouco profundo. Se o mar estiver grande, funciona com todas as marés, se estiver
pequeno, funciona melhor com maré
vazia. Uma onda para surfistas experientes que gostam de fazer grandes
tubos. Em condições favoráveis há
muitos surfistas na água. Acesso fácil
junto ao parque de estacionamento.
Sintra
Rio
Tejo
Cabo da Roca
LISBOA
Cabo Raso
Cascais
Oeiras
76 - 86
87 88
8990
91
Almada
lisbon region (2)
57-68. Ericeira
69. Magoito
70. Praia da Aguda
71. Azenhas do Mar
72. Praia das Maçãs
73. Praia Pequena
74. Praia Grande
75. Praia da Adraga
76-86. Cascais
87. Torre
88. Inatel
89. Santo Amaro
90. Paço de Arcos
91. Caxias
92. Barreiro / Gasoline
93-100. Costa da Caparica
101. Lagoa de Albufeira
102. Praia das Bicas
103. Sesimbra
Barreiro
Costa da
Caparica
93 - 100
lisboa
região (2)
92
Montijo
SETÚBAL
The most famous wave in Portugal and one of the best in Europe. Known internationally as the venue for the “Rip Curl Pro” heat of the World Surfing
Competition in October. A fast barrel that can grow considerably and breaks
on a fairly shallow sandbank. When the swell is big it works with all waves, but
if small, it works better at low tide. A wave for experienced surfers who like
to surf big tubes. It can have a large crowd in favourable conditions. Easy access from the car park.
101
102
Cabo Espichel
Rio
Sesimbra
Sad
o
49.
103
AREIA BRANCA
39º16’01.03’’N • 9º20’06.63’’W
Onda muito consistente que origina
tubos frequentemente. Poucos surfistas na água. Conta com uma Pousada da Juventude muito próxima
da praia e um skate parque na Lourinhã para preencher os dias maus
de surf.
A very consistent wave that frequently produces barrels. Small crowd.
There is a youth hostel very near the
beach and a skate park in Lourinhã
when the surf is not good.
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
Cabo de Sines
Sines
1:560.000
a
69
70
71
72
73
74
75
Rio Guadian
w
lisboa região
lisbon region
53.
SANTA CRUZ /
PRAIA DO NAVIO
39º08’52.38’’N • 9º22’18.88’’W
A praia do Navio é a primeira praia de
Santa Cruz para quem vem de norte.
As praias de Santa Cruz são de arribas altas, escarpadas e de mar forte
pela sua exposição aberta ao Atlântico. Mesmo no verão há poucos surfistas na água. Funciona melhor de maré
vazia até meia maré, mas dependendo dos fundos e das areias, pode funcionar também com maré cheia.
Navio beach is the first beach when
you come to in Santa Cruz from the
north. The Santa Cruz beaches have
high escarpments, and a strong sea
because of their open exposure to
the Atlantic. Navio is a beach which
even in summer is less crowded. It
works better between low tide and
half tide but depending on the bottoms and the sands it can also work
at high tide.
Em Santa Cruz temos uma costa
com poucos recortes e que recebe
ondulação com muita força. Daí
pode resultar, uma onda perto da
areia, poderosa, rasa e tubular,
ou uma onda longe da costa,
igualmente poderosa, mas que
implica uma longa remada. Ambas
possibilitam bons momentos de surf.
In Santa Cruz the coast has few inlets and gets a strong swell.
This can produce a powerful, low barrel breaking on the sand,
or a wave that is distant from the coast, equally powerful but
meaning a long paddle out. Both provide good surf moments.
Inês Tralha, Santa Cruz, Good Surf Good Love, escola de surf
Good Surf Good Love, surf school
54.
SANTA CRUZ /
PRAIA DO MIRANTE
39º08’38.79’’N • 9º22’28.65’’W
A praia do Mirante apresenta características semelhantes às descritas
para a praia do Navio. Muitos surfistas na água, especialmente no verão, pois aqui localizam-se algumas
escolas de surf. Funciona melhor de
maré vazia até meia maré, mas dependendo dos fundos e das areias,
pode funcionar também com maré
cheia. Pode originar vários picos.
The characteristics of Mirante beach
are similar to those described for
Navio. A large crowd, especially in
summer, for it has surf schools. It
works better between low tide and
mid-tide but depending on the bottoms and the sands can also work at
high tide. Can produce several peaks.
lisboa região
lisbon region
55.
67.
SANTA CRUZ /
PRAIA DO PISÃO
FOZ DO LIZANDRO
38º56’31.99’’N • 9º24’52.49’’W
39º08’23.94’’N • 9º22’41.59’’W
Praia exposta à ondulação com fundo de areia. Muito consistente com
vários picos na mesma praia. Em dias
bons pode ser uma onda comprida
com alguns tubos, apropriada a iniciantes. Local da Ericeira onde mais
facilmente se faz surf quando o mar
está pequeno. Perigo de correntes.
O Pisão é uma praia exposta com
ondulação fraca a moderada. Conta
com escola de surf. Funciona melhor
de maré vazia até meia maré, mas dependendo dos fundos e das areias,
pode funcionar também com maré
cheia. É uma praia que exige observação atenta do mar antes de se entrar. As correntes e os bancos de
areia mudam frequentemente.
This beach is exposed to swell. It is
a beach break. Very consistent with
several peaks on the same beach.
On good days you may get a long
wave with some barrels, suitable for
beginners. This is the easiest place
in Ericeira to surf with a small swell.
Watch out for rips.
Pisão is an exposed beach which receives small and moderate swell. It has
a surf school. It works better between
low tide and mid-tide but depending
on the bottoms and the sands it can
also work at high tide. This is a beach
that requires to observe the sea carefully before going in. The rips and the
sandbanks change frequently.
74.
PRAIA GRANDE
61.
38º48’57.59’’N • 9º28’33.25’’W
RIBEIRA D’ ILHAs
38º59’15.10’’N • 9º25’06.68’’W
Uma das praias mais emblemáticas
do surf em Portugal e a primeira a
receber um campeonato de surf.
Ribeira d’Ilhas é o local mais conhecido da Ericeira. Onda muito longa
e mais acessível que as vizinhas,
apesar de implicar um remada longa. Muito consistente, funciona
praticamente todo o ano, mesmo
com ondulação pequena. Palco de
vários campeonatos mundiais, europeus e nacionais. Existem ainda
dois picos a norte imediatamente a
seguir a Ribeira d’Ilhas “Pedra Preta” e um point break de direita com
um pico muito estreito para arranque, na “Pontinha”.
One of the most emblematic surf
places of Portugal and the first to
host a surf championship. Ribeira de
Ilhas is the most famous spot of Ericeira. A very long wave that is more
accessible than its neighbours despite the long paddle out. A consistent wave working practically all year
round with small swell. The setting for
various Portuguese, European and international championships. It also has
two peaks after Ribeira de Ilhas “Pedra Preta” and a right-handed point
break with a very narrow peak at the
start, at the “Pontinha”.
Praia de ondas consistentes. Identificam-se três picos: o pico “da
piscina”(em frente ao hotel), o pico
“do meio” da praia e o “da esquerda do morto” na parte sul. Grande
concentração de surfistas no verão.
A beach with consistent waves.
There are three peaks on this beach:
“da piscina” (opposite the hotel),
the “do meio” of the beach and
the “da esquerda do morto” on the
south side. Large crowd in summer.
lisboa região
lisbon region
77.
94.
PRAIA DO
GUINCHO
SÃO JOãO /
LOROSAE
38º43’53.18’’N • 9º28’19.26’’W
95.
PRAIA DO CDS
38º.38’.51.06’’N • 9º.14’.36.04’’W
38º.39’.39.05’’N • 9º.15’.22.39’’W
É uma das praias mais belas da região de Lisboa. Com acesso pela Estrada do Guincho segue a linha de
costa a partir da vila de Cascais. Situada numa área de dunas, muito exposta aos ventos de norte, a praia
recebe bastante ondulação. Ondas
muito consistentes e sempre com
muitos surfistas na água.
Um onda de grande qualidade num
fundo de areia protegido por um
pontão. Praia de famílias durante o
verão. Normalmente, na previsão de
ondulação para a Costa da Caparica, é em São João que o mar está
sempre maior. Esta praia marca o início das praias da Costa da Caparica
que se estendem ao longo dos quinze quilómetros seguintes.
One of the most beautiful beaches
of the Lisbon region. Reached from
Guincho road, it follows the coastline
out of the city of Cascais. Located in an
area of dunes with great exposure to
the north wind, this beach can receive
heavy swells. Very consistent waves
and always a crowd.
A quality wave on a beach break protected by a jetty. Family beach in
summer. Normally, the swell forecast
for Costa da Caparica shows São
João with the biggest sea. This is the
first beach along Costa da Caparica
that stretch for fifteen kms.
86.
CARCAVELOS
38º40’46.63’’N • 9º20’00.71’’W
Carcavelos tem uma onda de classe
mundial e é sem dúvida o local da
região de Lisboa com maior número de surfistas. Praia que permite o
ensino do surf e nalguns dias origina um dos melhores tubos da Europa. Nesta praia surgiram alguns dos
melhores surfistas dos últimos anos
em Portugal.
38º.34’.20.29’’N • 9º.11’.42.63’’W
Carcavelos has a world class wave
and is definitely the most crowded place in the Lisbon region. One
can learn to surf on this beach and
on some days it is possible to ride
one of the best barrels in Europe.
Some of the most famous surfers in
the last years in Portugal made their
name here.
Surfers from the Lisbon region come
to Fonte da Telha beach when the
sea is big. The sandbanks can provide epic sessions.
100.
FONTE DA TELHA
A praia da Fonte da Telha é habitualmente procurada pelos surfistas
da região de Lisboa em dias de mar
muito grande. Os fundos de areia
podem proporcionar sessões épicas.
A praia do CDS - Centro Desportivo
de Surf - é a mais central da Costa
da Caparica. Foi durante muito tempo a praia mais conhecida da zona
e o ponto de encontro para todos.
A qualidade da onda está sempre
muito dependente da deposição das
areias e da estabilidade dos fundos.
Vários picos que se vão alterando todos os anos consoante os fundos. As
praias da Costa da Caparica - CDS,
Barbas e Praia Nova - partilham características comuns no surf.
CDS – Centro Desportivo de Surf –
Beach is the central beach in Costa
da Caparica. For many years it was
the best known in the area and a favourite meeting place. Wave quality always depends on the deposition
of sand and the stability of the bottoms. Several speaks that alter over
the years depending on the bottoms. The beaches of CDS, Barbas
and Praia Nova in Costa da Caparica
share common surf characteristics.
Rio
Sesimbra
Sad
o
lisboa região
N
alentejo
Cabo Espichel
105.
E
S. TORPES /
PONTÕES /
TRInCA ESPINHAS
S
alentejo
37º.55’.30.42’’N • 8º.48’.26.12’’W
Praia com extenso areal, oferece diversas ondas, sendo o pico, a norte, encostado ao pontão, o mais conhecido. Pode proporcionar boas
ondas, sempre com boas temperaturas de água.
104. Melides
105. S. Torpes / Pontão /Trinca Espinhas
106. S. Torpes / Pico Louco
107. Oliveirinha / L-Point
108. Porto Côvo / Praia Grande
109. Aivados
110. Malhão
111. Vila Nova de Milfontes
112. Zambujeira do Mar
113. Alteirinhos
104
This beach has a long stretch of
sand, and the best known peak
is next to the jetty. It can provide
good waves, always with excellent
water temperatures.
Cabo de Sines
Sines
a
105
106
107
110.
Rio Guadian
w
MALHÃO
108
37º.46’.47.38’’N • 8º.48’.09.48’’W
109
110
111
Rio
ra
Mi
A praia de eleição para quem passa férias em Vila Nova de Milfontes. Vários picos, e apesar de ser
um fundo de areia, tem algumas rochas. Apropriado a todos os níveis
de surf. O acesso à praia faz-se por
uma estrada de terra batida. Praia
sem qualquer tipo de amenidades.
Cabo Sardão
The beach for those on holiday in
Vila Nova de Milfontes. There are
several peaks and despite being a
beach break there are some rocks.
Suitable for all surf levels. The beach
is reached by dirt track. No facilities.
112
113
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
1:560.000
Aljezur
N
E
w
Rio
S
ra
Mi
algarve
Cabo Sardão
114. Praia de Odeceixe
115. Amoreira
116. Aljezur / Monte Clérigo
117-131. Sagres
132. Porto Mós / Lagos
133. Meia Praia / Lagos
134. Quarteira/ Forte Novo
135. Praia de Faro / Ilha
136. Tavira
114
115
116
Aljezur
117 - 125
Vila Real de
S.to António
Rio Arade
Portimão
Tavira
Lagoa
Lagos
Vila do Bispo
Cabo de São Vicente
Ponta de Sagres
132
133
Albufeira
Quarteira
134
Olhão
FARO
Sagres
126 - 131
135
Cabo de Santa Maria
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
1:560.000
136
algarve
algarve
117.
123.
ARRIFANA
PRAIA
DA CORDOAMA
37º.17’.35.30’’N • 8º.21’.54.40’’W
37º.06’.31.35’’N • 8º.56’.08.35’’W
A Arrifana é uma praia muito popular
entre a comunidade surfista nacional. Quando há boas ondas existem
sempre muitos surfistas na água, incluindo os das escolas de surf e os
iniciados. Por este motivo torna-se
necessário respeitar as prioridades
na água. Praia em forma de lua crescente protegida por uma grande arriba. É provavelmente a onda mais
conhecida de Aljezur. Recebe muita
ondulação e está abrigada de todos
os ventos exceto o de oeste. Quando o mar está grande, a “direita de
Arrifana” é um clássico apropriado
para surfistas experientes. Na maré
cheia a onda tende a ser mais mole,
na maré vazia, mais seca e rápida.
Arrifana is very popular in the Portuguese surfing community. When the
waves are good it is always crowded because of the many surf schools
and beginners, so it is very important
to respect priorities in the water. A
crescent-shaped beach protected by
a large cliff. This is probably the best
known wave of Aljezur. It gets a big
swell and is sheltered from all winds
except the west wind. When the sea
is big the “Arrifana right-hander” is
a classic, suited for experienced surfers. At high tide the wave is softer
and at low tide, drier and faster.
A Praia da Cordoama é uma grande extensão de areia protegida por
arribas. Picos consistentes que funcionam melhor quando o mar está
mais pequeno. Praia bastante isolada, com algumas correntes e rochas
que merecem atenção. O miradouro da Cordoama é imperdível.
Cordoama beach is an extensive
stretch of sand protected by cliffs.
Consistent peaks which are better
with a small swell. Quite isolated with
some rips and rocks to watch out for.
Do not miss Cordoama viewpoint.
121.
135.
PRAIA DO AMADO
PRAIA DE FARO /
ILHA
37º.09’.59.80’N • 8º.54’.06.88’’W
36º.59’.51.49’’N • 7º.58’.46.76’’W
Na praia do Amado encontramos várias escolas de surf e muitos surfistas
na água, de todas as nacionalidades,
durante o verão. A qualidade da onda
varia muito, de acordo com a deposição das areias e com a qualidade dos
fundos. Geralmente muito consistente com direitas e esquerdas. Nos picos próximos do estacionamento há
mais surfistas na água. É possível chegar à praia do Amado por um caminho de terra batida vindo da praia da
Bordeira, junto ao mar.
Praia do Amado has several surf
schools and many surfers of all nationalities during the summer. Wave
quality varies considerably according to the deposition of sand and the
quality of the sea bottom. Generally very consistent with right and lefthanders. The peaks nearer the car
park have a larger crowd. To reach
the beach take the dirt track along
the sea from Bordeira beach.
A Ilha de Faro, também conhecida
por Praia de Faro, tem o acesso facilitado por uma ponte transitável de
carro e a pé. É um dos locais mais
descontraídos para se surfar na costa sul do Algarve. Esta pequena língua de areia situada em pleno parque natural da Ria Formosa, oferece
ondas de água quente com uma
qualidade mediana. À chegada, o
ideal será procurar os picos no extremo este da ilha, uma vez que estes se movimentam ao longo do ano
consoante a circulação das areias.
Ilha de Faro, also known as Faro
Beach, is reached by a bridge for
cars and pedestrians. It is one of the
coolest places to surf on the south
coast of Algarve. This small spit of
sand is right in the middle of Ria Formosa Natural Park and has warm water waves of average quality. On arrival check out the peaks at the east
end of the island, as these change
throughout the year depending on
the sand movements.
N
E
w
açores
S
azores
Santa Maria
Terceira
137. Praia Formosa
138. Anjos
156. Salga
157. Contendas
158. Ponta Negra
159. Fajã dos Vimes
160. Fajã dos Cubres
161. Fajã do Belo
162. Fajã da Caldeira de Santo Cristo
São Miguel
139. Monte Verde
140. Santa Bárbara (Areais)
141. Rabo de Peixe
142. Porto dos Mosteiros
143. Praia dos Mosteiros
144. Santa Iria
145. Maia
146. Praia da Viola
147. Fajã do Araújo
148. Ribeira Quente Direita
149. Ribeira Quente Esquerda
150. Ponta Garça
151. Vila Franca do Campo
152. Água d’Alto
153. Santa Cruz / Lagoa
154. Pópulo
155. Calhetas
CORVO
Vila Nova
FLORES
Lajes
St.ª Cruz
das Flores
GRACIOSA
St.ª Cruz
da Graciosa
16
5
16
16 6
7
TERCEIRA
S. JORGE
FAIAL
Vulcão dos
Capelinhos
HORTA
Velas
Calheta
PICO
Madalena
S. Roque do Pico
Lajes do Pico
8
16 69
1
170
162 161
Biscoitos Lajes
Praia
ANGRA da Vitória
DO HEROÍSMO
163
156
160
159
158
157
164
/ Direita do Passo
163. Fajã da Caldeira de Santo Cristo
/ Canto das Feiticeiras
São Jorge
164. Fajã da Caldeira de Santo Cristo
/ Esquerda da Igreja
165. Fajã da Caldeira de Santo Cristo
/ Lago do Linho
166. Santa Catarina
167. Praia da Vitória
168. Vila Nova
169. Quatro Ribeiras / Alagoa
da Fajãzinha
170. Terreiro de São Mateus
SÃO MIGUEL
15
14 5
14 1
130
9
14
4
14
5
14
6
142
143
Nordeste
Ribeira Grande
V. F. do
Lagoa Campo Furnas
147
PONTA DELGADA
148
154
153 152 151150149 FORMIGAS
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
1:1 870.000
138
SANTA MARIA
Vila do Porto
137
açores
azores
140.
SANTA BÁRBARA
(AREAIS)
37º49’07.26’’N • 25º32’29.58’’W
A praia de Santa Bárbara, mais conhecida por”Areais”, é o lugar mais
clássico de surf de S. Miguel e dos
Açores. Praia de areia escura com vários picos de direita e esquerda. Ter
em atenção as correntes com o mar
grande. Local da União de Surfistas
e Bodyboards dos Açores e do campeonato Azores Pro WQS. Por vezes
muitos surfistas no verão.
Santa Bárbara beach is better known
as “Areais”. It is the classic surf spot of
São Miguel and the Azores. A beach
with black sand and various left and
right-handed peaks. Beware the rips
when it is big. Site of the Azores Surfers and Bodyboarders Union and the
venue for the Azores Pro WQS. Can
get very crowded in summer.
N
madeira
E
w
S
madeira islands
171. Machico
172. Porto da Cruz
173. Madeira / Fajã da Areia
174. São Vicente
175. Contreiras / As Bruxas
176. Ribeira das Janelas
177. Achadas da Cruz
178. Ponta do Pargo
179. Ponta do Paul
180. Paul do Mar
181. Ponta Pequena
182. Jardins do Mar
PORTO SANTO
Vila Baleira
177
178
176
175174
173
Porto
Moniz
172
S. Vicente
179
Ribeira
Brava
180
181
182 183
Santana
Câmara Santa Cruz
de Lobos
MADEIRA
171
FUNCHAL
DESERTAS
SELVAGENS
OCEANO ATLÂNTICO
Atlantic ocean
Praia Beach
cidade city
1:1 630.000
183. Madalena do Mar
171.
MACHICO
32º.42’.58.83’’N • 16º.45’.53.26’’W
A praia de Machico oferece duas
ondas: uma esquerda encostada à
zona oeste da praia que funciona
com ondulações não muito grandes e uma direita no lado oposto
da praia que funciona apenas com
grandes ondulações. Esta praia é
frequentemente utilizada para o ensino do surf.
The beach at Machico has two waves:
a left-hander up against the west
side of the beach that works with
average swells, and a right-hander
on the opposite side of the beach
that only works with big swells. This
beach is often used for teaching surf.
PORTUGAL
SURF
GUIDE
www.visitportugal.com
www.portugalsurfguide.pt

Similar documents